Como montar uma loja de artigos esportivos 

0
40

Hoje em dia o esporte vem sendo incentivado e valorizado, sobretudo entre crianças e jovens, por isso uma loja de artigos esportivos se tornou um bom negócio. 

Os cuidados com a saúde, bem-estar e forma física cresceram e entraram em evidência, impulsionando muito os setores relacionados, entre eles, a venda de artigos esportivos. 

Montar uma loja que vende estes produtos pode ser uma ótima ideia, já que está inserida em um mercado crescente, com compra recorrente e com boa margem de lucro. 

Está pensando em começar a sua própria loja de artigos esportivos?  

Dicas para montar a sua loja de artigos esportivos

Então aproveite este artigo para tirar as suas dúvidas.  

Eu vou falar sobre: 

  • Qual o custo para abrir uma loja de artigos esportivos? 
  • Faturamento e ganhos 
  • Qual é o público-alvo de uma loja de esportes? 
  • Fornecedores: como escolher e lista para baixar 
  • Loja virtual vale a pena? 
  • Dicas de como vender artigos esportivos 

Qual o custo para abrir uma loja de artigos esportivos? 

Eu criei um plano financeiro da loja para trazer uma estimativa. Mas antes de passar os valores preciso mencionar: 

O investimento pode variar bastante, principalmente pelo tamanho da loja e a quantidade de produtos no estoque. 

Por isso, use as informações que vou passar com cuidado, apenas para uma pré-análise e faça o seu próprio plano financeiro com as características da sua loja de esportes. 

Se precisar de ajuda, neste link você acessa um vídeo em que dou dicas e ensino os passos a serem observados ao fazer um plano financeiro.

A loja do exemplo é de médio porte, consegue vender cerca de R$ 125 mil reais em mercadorias e possui 6 funcionários. 

O investimento ficou entre R$ 145 e R$ 150 mil reais, usado da forma que vou falar agora: 

  • Gasto com estrutura, por exemplo, adaptação e reforma do ponto comercial, climatizadores, mobiliário, legalização, caução de aluguel e marketing: R$ 22 a R$ 23 mil reais. 
  • Capital de giro: R$ 125 a R$ 130 mil reais, sendo cerca de R$ 100 mil reais em estoque e R$ 25 a R$ 30 mil reais de caixa mínimo. 

Perceba que o maior gasto é com o estoque. A boa notícia é que se conseguir um fornecedor com tempo para entrega reduzido é possível trabalhar com prazo de duração de estoque menor, assim o investimento pode cair em até 70%. 

Veja o que acontece se a duração do estoque inicial for de 15 dias com um prazo de entrega de 3 dias.  

Uma loja pequena e com poucos artigos esportivos pode ser iniciada com menos de R$ 35 mil reais, mas é claro que o faturamento será outro. 

O mapa mental e o plano de negócios  

Este é um bônus extra que resolvi te passar.  

Um plano de negócio é o que te conduz ao sucesso. Através dele você consegue reduzir os riscos e evitar possíveis erros.  

Além disso, o plano de negócios também é capaz de ajudar a sua empresa crescer.  

Deixo então este texto para você ler e entender o passo a passo de como fazer o seu plano de negócios e algumas dicas a mais.   

Tenho certeza absoluta que vai ajudar.  

Deixo aqui o Mapa Mental completo para você baixar. No texto acima, você também vai entender por que deve fazer uso de seu mapa. 

Quanto ganha o dono da loja de artigos esportivos? 

O faturamento bruto da loja do exemplo variou entre R$ 135 e R$ 140 mil reais. 

Após o pagamento de todas as despesas a margem de lucro alcançou 21,12%, cerca de R$ 26.500 reais. 

Lembre-se que deste valor você deve retirar o pró-labore como proprietário e o restante pode ser usado para reinvestir ou considerar como retorno sobre o investimento. 

Quer usar o mesmo simulador que eu uso para criar seu plano financeiro completo?  

Através deste link você pode conferir mais sobre o simulador.  

Com ele você insere alguns dados simples e os cálculos são gerados automaticamente, com informações precisas, e melhor, apontadas de forma simples e interativas, através de resumos e gráficos. 

Ao final você tem uma tela com resumo das principais informações, dentre elas: 

  • Investimento inicial 
  • Ganho e margem de lucro 
  • Capital de giro 
  • Produtos mais rentáveis 
  • Despesas 
  • Ponto de equilíbrio 
  • E muito mais 

Ficou interessado?  

Tenho uma boa notícia: de bônus vou deixar este plano financeiro da loja de artigos esportivos para você usar e adaptar. Corre conferir!  

Qual é o público-alvo de uma loja de esportes? 

Parece óbvio falar que são pessoas que praticam esportes, mas não é apenas isso que significa público-alvo. 

Há diferentes esportes e níveis de praticantes, um tenista ou ciclista por exemplo têm necessidades diversas. Também, deve-se considerar a idade e hábitos do seu potencial cliente. 

Tudo isso sem deixar de lado o fato de que para cada categoria de produtos pode haver um público-alvo diferente. 

O ideal é fazer uma pesquisa de mercado e encontrar o público-alvo para cada categoria. Depois trabalhar as campanhas de marketing específicas. 

Para ficar fácil de entender veja este exemplo hipotético. 

Praticantes de futebol. Categoria de produtos: chuteiras, calções, camisetas e tênis de futsal. 

  • Praticantes amadores: costumam adquirir chuteiras de marcas Nike, Umbro e Adidas, com valor médio entre R$ 120 e R$ 180 reais. Efetuam recompra após 16 a 24 meses. Faixa etária média 38 a 44 anos. 

Sendo assim, ao conhecer o seu público-alvo você saberá como gerir suas estratégias de marketing e realmente ter resultados. São informações poderosas a serem trabalhadas. 

No entanto, tenha cuidado. O público-alvo é uma média, não significa que todos os clientes se enquadram no perfil, apenas que ele é o mais preponderante e propenso a comprar. 

Se for pegar um contexto geral, a loja de artigos esportivos costuma ser mais frequentada por jovens entre 24 e 32 anos, com renda mensal entre R$ 3.100 a R$ 4.500 reais. 

Fornecedores: como escolher e lista para baixar 

Eu vou deixar uma lista de fornecedores para baixar logo abaixo, assim você pode iniciar a sua busca pelos melhores. 

Mas o que observar na escolha do fornecedor? Preço?  

Embora o preço seja importante não é o critério decisivo, é preciso levar em consideração uma série de fatores, dentre os principais estão: 

  • Qualidade 
  • Diversidade de marcas e produtos 
  • Preço 
  • Prazo de entrega 
  • Facilidades de pagamento 
  • Credibilidade do fornecedor 

Loja virtual vale a pena? 

Está cada vez mais comum a abertura de lojas virtuais em razão do baixo custo e a possibilidade de atingir milhares de consumidores pela abrangência territorial. 

Mas há um problema quando o assunto é loja virtual de artigos esportivos. Estou falando da concorrência e da guerra de preços. 

Você precisa ter ótimos fornecedores e reduzir a sua margem de lucro. 

No geral, não costuma valer a pena trabalhar com vendas online a nível nacional, mas faça uma análise dos seus diferenciais e se consegue ganhar espaço no mercado.  

Se busca trabalhar com vendas online, uma opção pode ser o foco local, atuando na sua região.   

Dicas de como vender artigos esportivos 

Uma boa localização, fachada chamativa, vitrine bem elaborada e organização pensada com os produtos com maior procura e lucrativos são pontos básicos capazes de aumentar as vendas. 

Além disso, estratégias de marketing e divulgação vão ajudar a alavancar a quantidade de clientes. As formas que têm apresentado os melhores resultados para vendas de artigos esportivos são: 

  • Divulgue as novidades nas redes sociais da empresa. 
  • Faça anúncios nas redes sociais 
  • Crie um grupo no whatsapp para clientes. Lance as novidades e promoções, assim você incentiva a recompra. 

Cadastre a loja no Google Meu Negócio, é grátis. E se possível faça uma loja online para a cidade, é um diferencial competitivo e permite que os clientes vejam as novidades quando bem entenderem, sem sair de casa. 

Outra forma de aumentar o faturamento é incentivando a compra de mais produtos por cliente. Treine seus vendedores para realmente conhecer os produtos e com isso apresentar complementos. Por exemplo, a venda de óculos de mergulho e uma touca de natação. 

As dicas que te passei foram úteis? Te ajudaram? Eu espero que sim. 

Mas se você deseja montar o seu próprio negócio e não sabe por onde começar, eu te ajudo. 

Para isso, basta deixar um recado nos comentários ou entrar em contato comigo

Um grande abraço e até logo! 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here