Como montar uma loja de material elétrico 

0
354

Uma loja de material elétrico é o tipo de negócio que só tende a expandir, sabe porquê? 

A construção civil impulsiona a venda de materiais elétricos, e não para por aí, com a popularização da energia alternativa tem-se observado um crescimento no setor. 

Como ponto positivo da loja de material elétrico está o alto volume de vendas, estabilidade no faturamento e o fato de ser um negócio já validado. 

Sei que pensou em montar a sua loja, mas as dúvidas que surgem no início são difíceis de esclarecer, não é? 

Pensando nisso eu decidi te ajudar com dicas sobre o custo inicial, as margens de lucro, a localização ideal e muito mais. 

Inclusive eu vou te mostrar uma ferramenta que vai ajudar em todos os cálculos da sua loja de material elétrico. 

Através desta ferramenta que eu uso, você tem acesso aos cálculos de despesas e até tributos. 

Como montar uma loja de material elétrico

Quer montar a sua loja?  

Então aproveite estas dicas pois, vou falar sobre: 

  • Quanto custa abrir uma loja de material elétrico? 
  • Faturamento e margem de lucro 
  • O que precisa para montar uma loja de material elétrico? 
  • O que mais vende em loja de material elétrico [lista bônus para baixar]  
  • Como escolher a localização? 
  • Como escolher os fornecedores 
  • Como aumentar as vendas de materiais elétricos 

Quanto custa abrir uma loja de material elétrico? 

Para chegar ao valor de investimento eu fiz um plano financeiro com dados aproximados de outras lojas de materiais elétricos e lancei no simulador de negócios.  

Destaque para o capital de giro, ele é responsável pela maior parte do investimento. 

Antes de eu passar as informações de valores, alguns pontos merecem destaque. 

Em primeiro lugar, utilize os dados que vou passar para uma pré análise, mas faça o seu próprio plano financeiro considerando os dados do seu negócio.  

Se não sabe como fazer, vou deixar este vídeo com as explicações.  

A Loja de material elétrico tem como características básicas: 

  • Faturamento bruto próximo a R$ 82 mil reais 
  • Despesas fixas em R$ 17 mil reais 
  • 6 funcionários 
  • Estoque para 45 dias e prazo de reposição de 7 dias. 

Vamos aos números. 

O investimento inicial ficou entre R$ 125 e R$ 130 mil reais. Eu usei o valor assim: 

  • Estrutura inicial. Aqui está desde a reforma, climatização, mobiliário até o gasto com legalização, caução de aluguel, impressora fiscal e marketing: R$ 33 a R$ 34 mil reais 
  • Capital de giro: R$ 94 a R$ 95 mil reais, sendo R$ 71 a R$ 72 mil reais de gasto com estoque inicial e R$ 23 mil reais de caixa mínimo. 

O valor do estoque inicial varia sobretudo pela quantidade de mercadorias e vendas, tempo de duração estimado e prazo de entrega pelos fornecedores após os pedidos.  

Caso algum desses dados mude o valor será alterado. 

O mapa mental e o plano de negócios 

Este é um bônus extra que resolvi te passar. 

Um plano de negócio é o que te conduz ao sucesso. Através dele você consegue reduzir os riscos e evitar possíveis erros. 

Além disso, o plano de negócios também é capaz de ajudar a sua empresa crescer. 

Deixo então este texto para você ler e entender o passo a passo de como fazer o seu plano de negócios e algumas dicas a mais.  

Tenho certeza absoluta que vai ajudar. 

Deixo aqui o Mapa Mental completo para você baixar. No texto acima, você também vai entender por que deve fazer uso de seu mapa.   

Faturamento e margem de lucro 

A loja de material elétrico do exemplo alcançou o faturamento bruto de R$ 82 a R$ 83 mil reais, com margem de ganho líquido próxima a 15%. 

Em outras palavras, isso significa que o proprietário tem em caixa entre R$ 12 e R$ 13 mil reais depois de pagar todas as despesas. 

Desse valor é preciso retirar o pró labore, ou seja, o que o proprietário vai sacar como renda da empresa. 

Faça o seu próprio plano financeiro completo com esta ferramenta. Insira os dados básicos do seu negócio e pronto.  

O simulador faz todo o resto, desde cálculos, análises até um resumo das informações e gráficos. 

Ao final, você pode simular os cenários e ver o que acontece se aumentar o preço médio dos produtos, diminuir em 15% as vendas ou até mesmo ao trocar o enquadramento tributário. 

E melhor, assim que fizer as mudanças de cenários, os cálculos e análises são refeitos automaticamente para você ver como ficaria. 

Você ainda terá uma tela com resumos e gráficos das informações mais importantes.  

Confira agora mesmo clicando aqui neste link

Para ajudá-lo eu vou disponibilizar este plano da loja de material elétrico, assim você não precisa começar do zero!  

O que precisa para montar uma loja de material elétrico? 

A estrutura é relativamente simples. Afinal, por se tratar de revenda não há necessidade de comprar equipamentos. 

Para abrir você vai precisar de um espaço grande para armazenar e expor corretamente os produtos, acima de 80 m², dividido em: 

  • Estoque 
  • Banheiro 
  • Pista  
  • Área dos vendedores para atendimento, normalmente é dividida por balcões 
  • Caixa 

O ambiente de estoque deve ser bem arejado e fácil de limpar. Contudo, é importante que seja acessível para armazenar os produtos ao chegar dos fornecedores. 

Quanto ao mobiliário você vai precisar: 

  • Climatizadores 
  • Prateleiras 
  • Expositores 
  • Balcões 
  • Balcão caixa 
  • Computador, pelo menos 2, um no caixa e um para os vendedores 
  • Programa de gestão ou ERP para loja 

O que mais vende em uma loja de material elétrico + Lista  

Evidente que há uma lista extensa de materiais elétricos que podem ser vendidos, por isso eu vou deixar uma relação em PDF para baixar.  

Alguns dos produtos que não podem faltar e que tem muita saída são: 

  • Quadro medidor 
  • Disjuntores 
  • Fios e cabos 
  • Interruptores 
  • Tomadas 
  • Lâmpadas 
  • Fita isolante 
  • Cabo flexível 
  • Extensão 

Como escolher a localização? 

Uma boa localização pode aumentar a demanda e ser um diferencial competitivo, mas é preciso sempre levar em conta o custo versus benefício. 

Não compensa uma boa localização se o custo do aluguel destrói o seu lucro. A primeira dica é, tenha paciência. Não apresse a escolha da localização em razão da ânsia por montar um negócio. 

Afinal, começar errado pode comprometer o sucesso do negócio sem ao menos ter aberto as portas.  

Por exigir um ambiente espaçoso, talvez seja difícil encontrar um ponto no centro da cidade. Nesses casos há outras localizações atrativas, por exemplo: 

  • Avenida principal em bairro de médio a grande porte 
  • Em vias de acesso que ligam ao centro comercial e empresarial 
  • Até 2 quadras da região central 

Em cidades pequenas, com menos de 30 mil habitantes, a objeção dos consumidores em razão da localização é menor. 

Como escolher os fornecedores e lista para começar 

Para escolher os fornecedores é importante levar em consideração um conjunto de fatores e não apenas o preço. 

Sugiro analisar: 

  • Qualidade dos produtos 
  • Variedade 
  • Preço 
  • Política de trocas 
  • Atendimento ao cliente 
  • Prazo de entrega e reposição 
  • Facilidades de pagamento 

O prazo de entrega e as facilidades de pagamento influenciam diretamente no capital de giro, por isso a importância. Quanto menor o prazo de entrega, menor a necessidade de estoque. 

Dessa forma você também reduz os riscos de ter alto volume de mercadorias congeladas. 

Eu vou deixar uma lista com fornecedores para você dar o pontapé inicial na análise e escolha. Espero que ajude! 

Através de buscas online por materiais elétricos em atacado também é possível encontrar opções de fornecedores, por exemplo: 

  • Stark Eletric 
  • Nortel 
  • Rimo 

Você pode fazer a pesquisa online e depois cotar preços e características dos fornecedores. 

Como aumentar as vendas de materiais elétricos 

As lojas de materiais elétricos têm sérias dificuldades em divulgação.  

E realmente, é um nicho difícil de fazer marketing, justamente porque raramente se consegue instigar alguém a comprar um produto de construção e elétrica.  

Na prática, o que acontece é que quando o consumidor precisa de algo ele vai lá e adquire. 

Assim, o foco precisa estar em tornar a empresa conhecida. 

Ou seja, quando o consumidor pensar em materiais elétricos lembrar da sua loja. 

Por isso a importância da boa localização.  

Também, pode investir em promoções nas redes sociais com o objetivo de tornar a loja conhecida. 

Busque fazer parcerias com construtoras, pedreiros e eletricistas. Faça um pequeno desconto para que comprem de você e indiquem seus produtos. 

Uma boa maneira de aumentar as vendas é, sobretudo, mantendo vendedores qualificados e com conhecimento de elétrica.  

Muitas das pessoas vão comprar sem saber exatamente o que precisam.  

Sendo assim, ter um suporte de como fazer e os materiais necessários, além de ser um grande diferencial competitivo ainda permite aumentar a quantidade de produtos vendidos por clientes. 

Minhas dicas para te ajudar a montar sua loja de materiais elétricos foi útil? Espero que sim. 

Lembre-se de ajudar outras pessoas com o mesmo interesse que você compartilhando este post. 

Deseja montar um negócio próprio, porém não sabe como fazer?  

Deixe um recado nos comentários, ou então, entre em contato comigo

Um grande abraço e até o próximo. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here