Como montar uma loja de vinhos 

0
38

Montar uma loja de vinhos pode ser uma boa opção de negócios. 

Além de ser uma boa fonte de renda, você pode encontrar uma nova paixão neste nicho. 

O mercado de vinhos no Brasil tem registrado bons números, juntamente com o consumo.  

Trata-se de um produto muito consumido em que a fidelização de clientes permite criar uma renda estável a partir da recorrência. 

A busca acontece tanto por produções artesanais quanto de vinhos importados. 

Começar a sua própria loja de vinhos pode ser altamente lucrativo, com bom faturamento bruto. 

Um dos pontos positivos está na facilidade de encontrar fornecedores para a revenda. 

como montar uma loja de vinhos

Pensando em começar um negócio de revenda de vinhos? 

Então leia este artigo até o final, pois eu vou falar sobre: 

  • Investimento para começar uma loja ou adega de vinhos 
  • Capital de giro 
  • Faturamento e ganhos com a venda de vinhos 
  • Onde vender vinhos: online e presencial 
  • Estrutura e espaço 
  • Fornecedores e dicas para comprar 

Quanto custa para montar uma loja de vinhos? 

É claro que o investimento vai sofrer influência de alguns fatores, sendo um deles o tamanho da sua loja de vinhos. Afinal, se for de grande porte e com maior quantidade de estoque isso impacta no cálculo. 

Por isso eu não posso dizer exatamente quanto você vai gastar, eu precisaria conhecer os mínimos detalhes da sua ideia de negócio.  

Contudo, eu montei um plano financeiro com dados de outras adegas de vinhos. Use os dados que vou te passar apenas para uma pré análise e descobrir se o negócio está dentro das suas expectativas de investimento e ganho. 

Após, faça o seu próprio plano financeiro. Deixo este vídeo com dicas que vão ajudá-lo!

O investimento inicial da loja de vinhos do vídeo ficou entre R$ 50 e 53 mil reais.  

Não considerei a criação de um site para venda, caso opte por trabalhar com as vendas online direto do seu site, e não apenas em marketplaces, considere um investimento extra entre 6 e 10 mil reais para o desenvolvimento. 

O valor foi utilizado assim: 

  • Mobiliário: R$ 9 mil reais 
  • Outros gastos de abertura e estrutura física, por exemplo, reforma, computador, legalização, caução de aluguel e marketing: R$ 9 mil reais 
  • Capital de giro: R$ 33 a R$ 34 mil reais, sendo R$ 28 a R$ 29 mil reais de estoque inicial e R$ 5 a R$ 5.500 de caixa mínimo. 

O capital de giro da sua loja de vinhos 

O capital de giro merece atenção especial, principalmente em negócios que envolvem revenda de produtos, como é o caso da loja de vinhos. 

Ele é composto pela soma do estoque inicial e o caixa mínimo. 

Para descobrir o estoque inicial você deve levar em consideração fatores como a quantidade de vendas, tempo de duração e prazo até a reposição dos pedidos. 

Por exemplo, na loja do vídeo, considerei um prazo de duração do estoque de 45 dias e 7 dias para reposição, o que gerou um investimento de estoque aproximado de R$ 28 mil reais. Se diminuir para 30 dias a duração do estoque e 3 dias para reposição, o investimento cai para R$ 18 mil reais. 

Percebeu a importância de fazer a análise correta? Caso contrário, você pode investir mais do que precisa, ficar com mercadoria congelada ou pior, faltar estoque e perder clientes. 

Já o caixa mínimo é a reserva financeira para manter o negócio funcionando até que as vendas a prazo sejam efetivamente recebidas. Mas neste caso você deve considerar o percentual de vendas parceladas e o tempo para o efetivo recebimento.  

O mapa mental e o plano de negócios  

Este é um bônus extra que resolvi te passar.  

Um plano de negócio é o que te conduz ao sucesso. Através dele você consegue reduzir os riscos e evitar possíveis erros.  

Além disso, o plano de negócios também é capaz de ajudar a sua empresa crescer.  

Deixo então este texto para você ler e entender o passo a passo de como fazer o seu plano de negócios e algumas dicas a mais.   

Tenho certeza absoluta que vai ajudar.  

Deixo aqui o Mapa Mental completo para você baixar. No texto acima, você também vai entender por que deve fazer uso de seu mapa. 

Faturamento e ganhos com a venda de vinhos 

O faturamento bruto girou na casa dos R$ 35 mil reais. 

A margem de ganho líquido alcançou 28,4%. 

Em outras palavras, o proprietário tem em caixa cerca de R$ 10 mil reais depois de pagar todas as despesas do negócio. 

Desse valor você pode fazer a retirada do pró-labore ou reinvestir na expansão da loja. 

Faça o planejamento financeiro da sua loja de vinhos com o simulador de negócios. 

Com ele você insere os dados básicos da sua ideia e os cálculos são realizados automaticamente. 

Dessa forma você tem informações detalhadas, além de uma tela com resumo e gráficos. Dentre as informações estão: 

  • Investimento 
  • Ganhos 
  • Lucratividade do negócio 
  • Capital de giro 
  • Enquadramento tributário sugerido 
  • Vinhos mais rentáveis 
  • Despesas fixas e variáveis 
  • Quantas vendas e faturamento precisa alcançar para cobrir as despesas e começar a ter lucro 
  • E muito mais. 

Contudo, você também pode usar a função de comparação de cenários que eu desenvolvi. 

Nela você altera dados diretamente ligados aos ganhos e vê como o seu negócio se comporta. 

Por exemplo, o que acontece se diminuir em 10% o preço dos produtos? E se isso aumentar em 20% os pedidos de vinhos? Ainda é lucrativo? Você pode fazer simulações diversas e descobrir como alavancar os ganhos do seu negócio… 

Ahh.. E de bônus eu vou deixar este plano financeiro da loja de vinhos disponível para usar e adaptar…

Quer usar o simulador e todas as facilidades? 

Através deste link você pode conhecer melhor a ferramenta, aproveite!

Onde vender vinhos: online e presencial 

As vendas online de vinhos estão diretamente ligadas ao bom preço e tempo de entrega. Tenha isso em mente e faça a sua análise de mercado. 

No entanto, se os preços do seu fornecedor estiverem altos, dificilmente conseguirá espaço. 

Além do próprio site da loja, você pode vender em ambientes como: 

  • Redes sociais, por exemplo, Facebook e Instagram 
  • Mercado Livre  
  • Olist 
  • Eniwine  

Já a venda presencial tem como foco o público local, pois clientes vão até a loja, escolhem e compram. 

Você pode investir em divulgação, como em anúncios e publicações nas redes sociais, mas segmentando para aparecer apenas na região de atuação. 

Estrutura e espaço 

O espaço necessário costuma ser a partir de 45 m², dividido em: 

  • Caixa 
  • Pista 
  • Banheiro 
  • Estoque 

Quanto ao mobiliário você precisará principalmente de adegas para expor os vinhos. Você mesmo pode mandar fazer e aproveitar melhor os espaços. 

Também, necessita de computador, impressora fiscal e balcão caixa. 

Fornecedores e dicas para comprar 

Logo abaixo eu vou deixar uma lista para baixar com fornecedores de vinhos e mobiliário. Isso vai facilitar na sua busca. 

Dependendo da região em que você vai montar a sua loja de vinhos, pode ser interessante importar de outros países, em que o preço sai mais em conta. 

Um exemplo comum é a importação de vinhos da Argentina e do Uruguai. 

Sendo assim, muitas vezes é comum comprar por até 40% do valor praticado no Brasil. 

Tome cuidado com a venda de vinhos por preços muito abaixo do praticado no mercado, pois pode ser falsificado ou não apresentar a qualidade esperada. 

Dê atenção ao tempo para a entrega dos vinhos, isso impacta diretamente no capital de giro. 

Espero que tenha gostado das minhas dicas para te ajudar a montar a sua loja de vinhos. 

Deseja começar um negócio do zero, mas não sabe como? 

Eu te ajudo! 

Deixe seu recado nos comentários ou entre em contato comigo. 

Um abraço e até o próximo. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here