Como Montar uma Rádio

0
1

Saiba tudo o que você precisa para montar uma rádio: investimento inicial, ganhos, estrutura, equipamentos e muito mais.

Vamos dar dicas valiosas de como começar o negócio do zero, mesmo que você não tenha experiência no ramo. Conheça também uma ferramenta completa que pode ajudar no planejamento do seu novo empreendimento.

Então confira a seguir tudo que é necessário para abrir uma rádio e ter sucesso.

Como montar uma rádio de sucesso

Ouvir aquela estação de rádio favorita pelas manhãs ou ligar o som do carro durante o trajeto até o trabalho. Esta ainda é parte da rotina de muitos brasileiros.

Enquanto as rádios tradicionais operam e buscam novas formas de interagir com o público, principalmente através de redes sociais, a atuação de web rádios também ganhou importância nos últimos anos.

Com a possibilidade de transmitir uma programação inteiramente online, as oportunidades aumentaram para quem trabalha com comunicação e quer ter uma rádio.

Ficou interessado? Então leia este post até o final e tire suas dúvidas sobre como abrir uma rádio, entre elas:

  • Quanto custa montar uma rádio?
  • Quanto ganha o dono de uma rádio ou radialista?
  • Estrutura e equipamentos necessários para abrir uma rádio
  • Quantos funcionários precisa para começar uma rádio?
  • Melhor localização para abrir a rádio
  • Quem é o público-alvo das rádios?

Quanto custa montar uma rádio?

É muito importante que você faça um plano financeiro a fim de descobrir o valor necessário de investimento.

Contudo sabemos que você precisa ter uma noção do custo para abrir uma rádio. Por isso utilizamos dados de outros empreendedores do ramo e lançamos em nosso Simulador de Negócios.

Basta inserir algumas informações simples e pronto! A ferramenta faz centenas de cálculos complexos automaticamente e apresenta os resultados de forma interativa.

Por mais que tenha pouco conhecimento sobre o assunto, rapidamente você terá um plano financeiro completo.

Assim chegamos a um valor aproximado que varia de 22 a 28 mil reais para montar uma rádio de pequeno porte. Veja abaixo como o montante foi dividido.

Estrutura e equipamentos

Reformas, como pintura e rede elétrica, além de adaptação quanto à acústica serão necessárias. O gasto médio varia entre 3 e 5 mil reais, dependendo das condições do imóvel.

Em relação à compra de equipamentos, o custo gira em torno de 10 mil reais e inclui itens como:

  • mesa de som;
  • transmissor;
  • cabo;
  • antena;
  • gerador estéreo de voltagem de 25W;
  • computador;
  • fones de ouvido.

Capital de Giro

O capital de giro é uma reserva financeira importante, pois serve para dar suporte aos custos. Ao menos até o negócio começar a se pagar e gerar lucro.

No caso da rádio, o capital de giro costuma ser relativamente baixo, principalmente em razão das poucas despesas.

De acordo com a nossa estimativa, esse valor fica em 3 mil reais.

Lembre-se, no entanto, de fazer a sua própria simulação, incluindo as características específicas da sua rádio. Assim você terá números mais próximos da sua realidade financeira.

Quanto ganha o dono de uma rádio ou radialista?

Atualmente as rádios ganham com propaganda, mas os ganhos variam conforme a estrutura, a proposta oferecida e a abrangência do sinal.

É possível cobrar até 600 reais, por exemplo, para divulgar a vinheta de um anunciante por determinado período de tempo.

Os principais clientes serão lojas, restaurantes e supermercados, além de outros comércios interessados em fazer publicidade.

De modo geral, as rádios costumam faturar bruto entre 18 e 22 mil reais, com um ganho líquido de 13 a 17 mil reais.

Mas cuidado: deste valor, ainda é preciso retirar o pró-labore dos respectivos sócios/radialistas, que são três no nosso exemplo. Desta forma, cada sócio fica com cerca de 5 a 6 mil reais.

Estrutura e equipamentos necessários para abrir uma rádio

Você pode escolher entre montar uma rádio tradicional, nos formatos AM e FM, ou através de plataformas online.

Seja como for, você terá que investir em estrutura e equipamentos, a fim de produzir uma programação relevante e com transmissões de qualidade.

Seu espaço e estrutura devem ser divididos em:

  • recepção;
  • aquário: sala de controle e edição;
  • pequena copa;
  • banheiro.

Entre os equipamentos indispensáveis para começar a sua rádio, temos:

  • computador;
  • microfone;
  • fones de ouvido;
  • servidor (para web rádios);
  • mesa de som;
  • transmissor homologado pela ANATEL;
  • antena (para rádios tradicionais).

Quantos funcionários precisa para começar uma rádio?

Uma rádio deve contar principalmente com uma equipe de radialistas. Ou seja, profissionais que detêm conhecimento técnico e formação para operar uma rádio.

Estes profissionais podem atuar como:

  • técnicos operadores de áudio;
  • locutores;
  • redatores;
  • repórteres de campo;
  • produtores;
  • entre outras funções.

A rádio pode contar ainda com um monitor DX, um profissional que ouve as transmissões à distância e reporta ao operador diariamente sobre a qualidade de áudio ou demais ocorrências importantes.

Também será necessário um programador musical, que ficará responsável pelo repertório da rádio.

Uma rádio de pequeno porte, entretanto, pode começar com três radialistas, distribuindo entre si as funções da estação.

Melhor localização para abrir a rádio

Quanto à localização, saiba que a rádio não precisa ser em lugares com grande fluxo de pessoas ou em centros urbanos. Isso porque os recursos para mantê-la virão da veiculação de propagandas.

Logo, sua rádio pode ficar tanto em bairros residenciais quanto em grandes centros, não fará diferença.

Em contrapartida, a estação não poderá ser instalada na sua casa, nem na residência de outra pessoa, porque haverá movimentação de pessoas. O alvará de funcionamento, ainda que temporário, também não permite.

É necessário que haja espaço e que a torre de transmissão funcione bem.

Quem é o público-alvo das rádios?

Você vai definir o seu público-alvo de acordo com o tipo de estação que escolher. Ela pode ser local, nacional ou, se for comunitária, ter alcance apenas em seu bairro.

Definir o público-alvo é muito importante, pois influencia em aspectos como:

  • lucros, no caso dos anunciantes;
  • perfil dos profissionais envolvidos na programação;
  • grade de programas, entre outros.

A rádio comunitária, por exemplo, será ouvida pela comunidade local, por um determinado bairro ou região. Por isso, deverá estar atenta às necessidades de quem mora ali.

Ela deve representar um canal direto com essa comunidade, ou seja, um meio de comunicação para anúncios, recados e denúncias.

Fazer promoções de ingressos de shows ou teatros, por exemplo, pode ser uma ótima forma de aumentar a participação dos clientes.

Assim como promover saldões de lojas varejistas ou descontos especiais também pode ter bons resultados.

Montar uma rádio é uma boa ideia de negócio?

Pode ser um excelente negócio, sem dúvida. Principalmente se você gosta da área de comunicação e tem essa aptidão.

No entanto, existem algumas variáveis importantes que você deve considerar antes de montar uma rádio.

Por mais que você goste do ramo, os números são um fator essencial em qualquer tipo de empresa, já que revelam se o negócio é realmente viável ou não.

Sendo assim, faça o seu próprio plano financeiro, com todos os detalhes da sua ideia.

Suas chances de sucesso aumentarão muito dessa forma!

Se você gostou deste conteúdo, deixe o seu like e compartilhe com mais pessoas. Acompanhe todas as novidades sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Precisa de ajuda para montar uma rádio do zero? Comente aqui embaixo ou entre em contato.

Um forte abraço e até a próxima!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here