Como Montar um Centro Automotivo

0
23

Investimento inicial, faturamento, localização ideal para montar um centro automotivo, estratégias de divulgação e muito mais. Descubra aqui como começar o seu negócio mesmo que não tenha nenhuma experiência no setor.

Além disso, conheça uma ferramenta exclusiva que vai ajudar você a montar um plano de negócios completo antes de começar. Você saberá, através dele, se essa ideia de negócio é realmente viável para você.

Agora vamos para as dicas de como abrir um centro automotivo do zero e alcançar o sucesso.

Cada vez mais encontramos veículos nas ruas. Porém, para circulação, é necessário fazer a manutenção periodicamente.

Um centro automotivo costuma trabalhar com a venda de peças e também com a manutenção do veículo. É o caso de um centro focado em suspensão, com a venda de pneus, peças relacionadas, rodas, entre outros itens.

Será que é um bom negócio? A resposta é sim! Basta olhar os centros automotivos da sua cidade e perceberá que estão sempre cheios, muitas vezes é preciso agendar para 5 ou 6 dias, pois estão lotados.

Ficou interessado nessa ideia de negócio? Então continue por aqui, pois neste post vamos falar sobre:

  • Qual é o custo para montar um centro automotivo?
  • Faturamento, ganhos e margem de lucro de um auto center
  • Fornecedores de peças automotivas
  • Estrutura e equipamentos para abrir um centro automotivo
  • O que vender no centro automotivo?
  • Ponto comercial
  • Como conseguir os primeiros clientes?
  • Vale a pena ter clientes seguradoras?

Qual é o custo para montar um centro automotivo?

Fizemos uma simulação com dados de outros centros automotivos e chegamos a um investimento médio. Porém, antes de dividí-lo com você, precisamos fazer um alerta.

O valor de investimento pode variar muito de um negócio para o outro. Isso porque existem muitas variáveis que impactam no custo inicial.

Desde a marca dos equipamentos necessários, quantidade de funcionários e estoque para começar até a expectativa de faturamento.

Portanto faça o seu próprio plano financeiro, com as características da sua ideia. Use as informações que vamos compartilhar aqui apenas para descobrir se o negócio está ou não dentro das suas possibilidades.

Então vamos lá! Segundo nossos cálculos, o investimento inicial para abrir um centro automotivo de médio porte ficou entre 105 e 120 mil.

Algumas das características são:

  • expectativa de faturamento acima de 70 mil reais;
  • venda de produtos e manutenção de veículos;
  • quadro de 7 funcionários.

O valor foi utilizado aproximadamente assim:

  • reformas e móveis: 11 mil reais;
  • equipamentos e ferramentas: 50 mil reais;
  • capital de giro: 54 mil reais – abrangendo 29 mil reais de estoque inicial e 25 mil reais de caixa mínimo;
  • outros gastos: 3 a 5 mil reais – caução do aluguel e taxas de abertura da empresa, por exemplo.

Faturamento, ganhos e margem de lucro de um auto center

O faturamento médio bruto do centro automotivo desse exemplo varia entre 70 e 80 mil reais.

Já a margem de lucro líquido fica em 19%, retirando um valor de 3 mil reais como pró-labore do proprietário. Caso você deseje saber o valor final sem essa retirada, basta somar ao ganho líquido.

Assim o ganho líquido, ou seja, o valor que sobra em caixa depois de pagar todas as despesas do negócio, é de 14 a 16 mil reais.

Fornecedores de peças automotivas

É possível comprar peças automotivas com bons preços na internet, inclusive em grande quantidade, negociando diretamente com os vendedores.

No Mercado Livre, por exemplo, você consegue encontrar inúmeras empresas fornecedoras.

Estrutura e equipamentos para abrir um centro automotivo

Devido ao trânsito de veículos e equipamentos, você precisa de um espaço relativamente grande para montar o centro automotivo.

No geral, um espaço de 200 m² ou mais costuma ser suficiente para abrigar a loja e o local de manutenção.

Caso o centro automotivo seja voltado a suspensões e pneus, alguns dos equipamentos que você precisará são:

  • balanceador;
  • alinhador de rodas;
  • 2 kits de elevador automotivo;
  • desmontadora de pneu;
  • rampa de alinhamento;
  • 2 carregadores de bateria;
  • ferramentas, como macacos, parafusadeiras, entre outras.

O que vender no centro automotivo?

O serviço de manutenção nos veículos é bastante lucrativo, visto que se trata de venda de mão de obra.

Porém a comercialização de peças traz uma margem de lucro bruto, ou seja, o percentual médio inserido em cima para revenda, de 80% a 120%.

Vender pneus seminovos também pode ser uma excelente opção. Afinal há muitos motoristas que preferem comprar pneus usados ou “remolds” a fim de pagar menos.

Outros produtos e peças, no entanto, dependem do foco do seu centro automotivo.

Ponto comercial

Embora seja um aspecto importante para a maioria das empresas, uma boa localização não é um ponto-chave no sucesso do centro automotivo.

Na realidade, locais mais afastados da região central costumam ser as melhores opções. Desde que estejam em vias de tráfego, é claro.

Isso porque a estrutura exige uma metragem relativamente grande. Nesse sentido, é difícil encontrar opções na região central por preços acessíveis, que não inviabilizem o funcionamento do negócio.

Assim sendo, priorize regiões com vias de fácil acesso e com preços de locação mais baixos. Você também pode considerar a ideia de abrir o centro automotivo em um bairro.

Como conseguir os primeiros clientes?

Divulgar um centro automotivo não é tão simples assim. Nesse segmento, ao contrário de outros tipos de negócio, as pessoas não costumam dar tanta relevância para campanhas em redes sociais.

Apesar disso, vale a pena fazer, afinal é gratuito ou custa muito pouco.

Nas redes sociais, foque principalmente na divulgação de “antes e depois”, resultados e promoções. Provavelmente essas publicações funcionarão melhor.

Confira as estratégias que podem ser usadas com o intuito de conquistar os primeiros clientes:

  • parcerias: converse com estabelecimentos relacionados a veículos, como lavagens, por exemplo, e ofereça um pequeno percentual por indicação de cliente;
  • panfletagem;
  • boca a boca;
  • serviços a baixo custo: por exemplo, geometria e balanceamento 40% mais barato para que pessoas comecem a aderir ao centro automotivo.

O seu foco na última estratégia não é ganhar dinheiro nesse serviço, mas sim em todos os outros que esse possível cliente virá a fazer.

Lembre-se que uma pessoa que faz geometria e balanceamento possivelmente trocará os pneus e fará uma manutenção na suspensão.

Em resumo, o objetivo é tornar o centro automotivo conhecido e referência em um ou mais serviços.

Vale a pena ter clientes seguradoras?

A resposta para essa pergunta é: DEPENDE. Há pontos positivos e negativos, sem dúvidas, e cabe a você tomar essa decisão, considerando a situação específica do seu centro automotivo.

Para que você avalie bem, os pontos positivos da seguradora são:

  • bom volume de demanda;
  • pagamento certo, muitas vezes à vista;
  • publicidade, uma vez que os clientes passam a conhecer o centro automotivo.

Em contrapartida, os pontos negativos são:

  • exigências estruturais, como quantidade de banheiros e ambiente climatizado para os clientes aguardarem;
  • a seguradora costuma comprar e enviar as peças, consequentemente o centro perde parte do lucro da venda de itens;
  • necessidade de respeitar prazos, muitas vezes apertados;
  • cobranças – às vezes excessivas – quanto a prazos e eventuais entendimentos sobre a qualidade do serviço;
  • são mais de um concorrente, ou seja, vence quem tiver o melhor custo-benefício para a seguradora.

Agora fica a seu critério decidir se vale ou não a pena trabalhar com clientes seguradoras.

Montar um centro automotivo é um bom negócio?

Montar um centro automotivo pode ser, certamente, um ótimo negócio. Para que você tenha sucesso com o novo empreendimento, no entanto, todos os aspectos devem ser analisados com cuidado.

Por mais que você tenha encontrado aqui uma estimativa dos gastos totais, lembre-se de fazer o seu próprio plano financeiro. Ele permitirá uma análise mais precisa da viabilidade do centro automotivo, de acordo com as características da sua ideia.

Nesse sentido, o Simulador de Negócios pode simplificar bastante o processo, principalmente se você não tem nenhuma experiência anterior.

Dessa forma, você terá condições de avaliar os resultados e se esses números correspondem, de fato, às suas expectativas. Por isso não deixe de elaborar o seu!

Assim você terá muito mais chances de conseguir excelentes ganhos com o seu próprio negócio.

Gostou deste post? Então curta e compartilhe com outras pessoas que se interessam por criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Se precisar de ajuda para montar o seu centro automotivo, entre em contato ou comente aqui embaixo.

Um forte abraço e até a próxima!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here