Como Montar uma Confeitaria

0
83

Escolha da localização, investimento necessário, produtos mais vendidos em uma confeitaria e equipamentos.

Quer descobrir tudo isso? Então fique por aqui e conheça também uma ferramenta que você pode usar para planejar o seu negócio.

Aproveite e me responda nos comentários: qual é a sua principal dúvida ou dificuldade para montar uma confeitaria?

A expansão do mercado de confeitaria e a modernização das técnicas criaram oportunidades para novos empreendimentos.

Essa atividade envolve a produção de pães, bolos, tortas, doces e outros produtos de confeitaria.

É possível vender diretamente, na própria loja, por encomenda ou para outros estabelecimentos, como restaurantes e supermercados.

Isso tudo, somado à boa lucratividade do negócio, torna a confeitaria uma ótima ideia.

Ficou interessado?

Confira neste post como montar uma confeitaria e tire suas dúvidas sobre:

  • Concorrência e mercado
  • Melhor localização da Confeitaria
  • Produtos que mais vendem
  • Estrutura da confeitaria
  • Funcionários do negócio
  • Investimento para iniciar
  • E muito mais!

A partir de agora vamos direto para as dicas de como montar uma confeitaria de sucesso!

Concorrência e mercado

O mercado de confeitaria é considerado bastante concorrido. Portanto é preciso analisar o cenário local para descobrir se o negócio é viável ou não na sua região.

Também há poucas confeitarias especializadas. Isso significa que a maior parte dos concorrentes são as padarias e os supermercados.

Converse com empreendedores do ramo e visite algumas confeitarias. Veja o que está dando certo e o que pode ser melhorado nesses espaços.

Depois faça um levantamento da concorrência nos arredores de onde pretende abrir seu ponto de venda.

Assim você descobrirá se os concorrentes são realmente um problema na área ou se é perfeitamente possível lucrar com o negócio.

Disponibilizar o que a concorrência não tem é uma ótima maneira de entrar e se estabelecer no segmento.

Público-alvo da Confeitaria

Encontrar quem será o seu público-alvo faz toda a diferença, principalmente na escolha das estratégias de marketing.

Estabeleça também se você pretende vender produtos simples a preços mais acessíveis ou opções refinadas e mais caras.

Essas escolhas serão importantes na hora de definir a localização do ponto comercial.

Nos últimos anos, vem aumentando o número de pessoas que sofrem intolerância ao glúten e à lactose.

Essas pessoas não podem mais comer um bolo tradicional e estão buscando alternativas.

Isso abre oportunidades para produção e oferta de doces ou salgados diferenciados, como os veganos. Esse é um nicho de mercado em crescimento e ainda é pouco explorado.

Localização da Confeitaria

Dê preferência a áreas comerciais com alta circulação de pessoas. Escolha um ponto que seja de fácil acesso e tenha boa visibilidade, principalmente se for trabalhar com venda direta.

Você também pode pensar na localização de acordo com os hábitos do seu público-alvo ou com o tipo de produto.

Se você pretende oferecer doces de baixas calorias, por exemplo, uma boa estratégia é escolher um ponto próximo a uma academia.

Quais produtos vendem mais?

Invista em um produto de destaque, ou seja, aquele que você é capaz de produzir com maior excelência. Faça dele o seu “carro-chefe”.

Pode ser uma torta com combinação de sabores diferentes ou um cupcake tamanho gigante, por exemplo.

Assim sua confeitaria será diretamente associada a um produto que não existe igual em nenhum outro lugar!

Você também pode inovar no cardápio, de acordo com o público-alvo.

Lembre-se de considerar os ingredientes típicos da sua região e quais deles têm melhor aceitação. Por exemplo, o caju na região nordeste do Brasil.

Além da inovação no menu e do produto diferenciado, sempre tem aqueles com maior saída, que não podem faltar em uma confeitaria. São eles:

  • tortas e bolos;
  • brownie;
  • petit gateau;
  • brigadeiro;
  • beijinho;
  • bombas de chocolate;
  • casadinho;
  • cupcake;
  • donuts;
  • quindim;
  • pudim.

Estrutura e equipamentos da Confeitaria

A estrutura de uma confeitaria varia de acordo com o projeto e as possibilidades de investimento.

Segundo empreendedores do setor, o espaço ideal para montar uma confeitaria é a partir de 50 m².

Geralmente, a estrutura é dividida da seguinte forma:

  • salão e balcão de atendimento: dependendo do espaço disponível, é possível colocar algumas mesas e cadeiras para os clientes comerem com mais conforto;
  • cozinha: faça um projeto para analisar o tamanho ideal, que comporte todos os equipamentos e permita a circulação de funcionários;
  • estoque: o local deve ser bem arejado, com estrados a 20 cm do chão para manter a qualidade dos ingredientes;
  • sanitário.

Quanto aos móveis e equipamentos necessários, listamos alguns dos principais para garantir o bom funcionamento do negócio:

  • assadeiras;
  • freezer e geladeira;
  • liquidificador;
  • utensílios domésticos;
  • bancadas de aço inoxidável;
  • batedeira e mixer;
  • forno e fogão (preferencialmente industrial);
  • micro-ondas;
  • balança;
  • vitrines para bolos e tortas;
  • maçarico;
  • entre outros.

Como escolher fornecedores?

Há muitas opções de fornecedores, entre mercados atacadistas, distribuidores e produtos locais.

Para selecionar os melhores e manter uma boa lista de fornecedores, faça uma pesquisa. Peça referências a conhecidos e experimente fazer pequenos pedidos.

Então avalie a qualidade dos produtos, condições de pagamento, preços e cumprimento dos prazos de entrega.

Em casos emergenciais, quando determinados ingredientes acabam, por exemplo, você pode comprar diretamente em mercados de atacado. Normalmente o preço é um pouco mais alto, mas em situações assim é preciso.

Funcionários da Confeitaria

Para montar uma confeitaria, você precisará de um quadro mínimo de 4 a 6 funcionários que que exerçam as seguintes funções:

  • confeiteiro;
  • auxiliar de cozinha;
  • caixa;
  • atendimento (1 ou 2);
  • gerente.

É importante uma das pessoas ficar responsável pela limpeza diária do ambiente, principalmente a cozinha.

Escolha, preferencialmente, profissionais que já tenham experiência no ramo e crie um ambiente com condições adequadas de trabalho.

Investimento na Confeitaria

O investimento para montar uma confeitaria dependerá do tamanho, das marcas e dos tipos de equipamentos adquiridos. Há também a reforma do ponto comercial, entre tantos outros fatores capazes de aumentar ou diminuir a necessidade de capital.

Por isso, não temos como dizer exatamente quanto você gastará, pois precisaríamos conhecer as características da sua ideia e o que espera dela.

Mas como saber se a ideia de negócio é ou não viável dentro do seu orçamento?

Sabendo dessa necessidade, fizemos um estudo de mercado e chegamos a uma estimativa média com o Simulador de Negócios.

Cuidado! Essa média de investimento não exclui a necessidade de fazer o seu próprio plano financeiro.

Tem dificuldades em cálculos ou finanças empresariais? O nosso Simulador de Negócios pode ajudar.

Com ele, vai um modelo já preenchido para uma confeitaria. Você só precisa alterar os dados para a realidade da sua ideia.

Boa parte dos investimentos iniciais para abrir uma confeitaria é destinada à compra de equipamentos. Portanto, se deseja economizar, é neles que você deve focar.

Adquirir equipamentos usados pode diminuir em até 30% o investimento inicial.

Caso prefira equipamentos de confeitaria novos, defina os modelos que vai usar e faça uma boa pesquisa de preços.

Mas lembre-se: só comece a fazer compras – seja de equipamentos, cartões de visitas, site, logotipo ou qualquer outra – depois de saber se a confeitaria é um bom negócio.

Ou seja, depois de fazer um plano financeiro, provando que realmente vale a pena investir seu tempo, energia e dinheiro na confeitaria.

Em nosso cálculo, a média estimada de investimento inicial para abrir uma confeitaria pequena fica entre 35 e 50 mil reais.

Eles estão distribuídos como você verá a seguir.

Reforma e reparos do ponto comercial

Com a pintura, colocação de cerâmica específica, climatização, exaustores, entre outras adaptações, o investimento médio é de 12 a 15 mil reais.

Móveis e equipamentos

Aqui o investimento pode variar bastante para cada confeitaria. No geral, é possível iniciar com um valor próximo a 20 mil reais.

Capital de giro

Segundo a nossa análise, o capital de giro médio necessário ficou entre 8 e 10 mil reais.

Montar uma confeitaria é um bom negócio?

Pode ser um ótimo negócio. O sucesso vai depender de três fatores.

Primeiramente, depende de você: o quanto gosta, se tem aptidão para o negócio e o quanto as pessoas que convivem com você apoiam essa ideia.

Depois depende do mercado local. Por isso, escolher bem a localização é essencial.

E, por último, depende dos números da confeitaria.

Saber o custo exato de cada produto, além de escolher os itens que o público mais gosta e que são mais lucrativos, pode fazer toda a diferença.

Descubra também se o investimento está dentro do que você pretende gastar, assim não faltará capital. Lembre-se de ver quanto você vai precisar vender no primeiro mês para começar a ter lucro.

Dessa maneira você aumenta bastante as suas chances de sucesso!

Gostou do conteúdo? Deixe seu like e acompanhe nossas novidades sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Se tiver alguma dúvida sobre como montar sua confeitaria, deixe um comentário ou entre em contato.

Um forte abraço e até breve!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here