Como Montar uma Loja de Roupas

0
168

Quer descobrir se montar uma loja de roupas é um bom negócio? Antes de abrir o comércio, é importante saber como escolher a melhor localização, qual é o investimento inicial, entre outras informações. Se você pensa em entrar para o ramo, leia este conteúdo até o final.

A partir de agora, você vai conhecer os pontos essenciais para quem sonha em abrir uma loja de roupas. O varejo de vestuário pode ser muito promissor e ter uma boa margem de lucro. Para se ter uma ideia, o mark-up – valor lançado sobre o preço de custo de cada peça – costuma ficar acima de 200%.

Veja o que você vai encontrar neste post do Ideias de Negócios:

  • O planejamento da loja
  • A escolha do segmento de clientes
  • Localização da Loja de Roupas
  • Fornecedores para a Loja de Roupas
  • Escolha das roupas
  • Investimento na Loja de Roupas
  • Marketing para a loja
  • Faturamento da Loja de Roupas?

É claro que existem diferentes aspectos que levam um comércio de roupas ao sucesso, seja ele masculino, feminino ou infantil. São eles: o bom gosto na seleção de peças, a localização, a administração adequada, a dedicação e o esforço, entre outros. Pronto para começar e dar os primeiros passos para ter sua loja própria de roupas?

O planejamento da loja

As etapas iniciais são fundamentais para o sucesso de um empreendimento e todo começa com um bom planejamento. Ao se perguntar como montar uma loja de roupas, lembre-se que você vai investir dinheiro e espera ganhar muito mais.

Ter um plano de negócios ajudará a diminuir os riscos do seu investimento não dar certo.

Talvez você esteja se perguntando o que é um plano de negócios. Ele funciona como uma espécie de “documento” com todas as informações importantes da sua ideia de empresa. Do investimento inicial e expectativa de lucro às estratégias de marketing.

O plano formará um passo a passo a ser seguido para tirar o sonho do papel, abrir uma loja de roupas e começar a ganhar dinheiro.

Uma boa maneira de iniciar a elaboração do plano é analisar o mercado local onde você pretende instalar a loja. Se a concorrência vai bem e tem bons resultados, é sinal de que o cenário é favorável.

Com um mapa em mãos, marque os principais concorrentes e avalie se existe alguma oportunidade de localização entre eles. Depois, você pode partir direto para o plano financeiro.

É através dele que você descobre se realmente vale a pena investir o seu dinheiro em um comércio de roupas. Tudo baseado em números. Afinal, empresários desejam ter um negócio próspero e não uma aventura, certo?  

A escolha do segmento de clientes

O mercado de vestuário é considerado concorrido. A notícia boa é que, segmentando a sua loja de roupas, você tem mais chances de se destacar da concorrência. Escolha uma pequena parcela do público abastecido pelo setor.

Existem inúmeras possibilidades de nicho, por exemplo:

  • Loja de roupas infantis
  • Loja de roupas de times de futebol
  • Loja de roupas para a melhor idade
  • Loja de roupas sustentáveis

Assim, fica mais fácil tornar-se referência e começar a ganhar dinheiro o quanto antes.

A analogia, na realidade, é bem simples. Quantas lojas de roupa estão abertas atualmente na sua cidade? E quantas delas são especificamente de moda plus size? Certamente, a segunda opção tem menos concorrência.

Obviamente, você precisa verificar se existem potenciais compradores para o segmento de loja que escolheu. Por isso, faça uma pesquisa de público-alvo antes de montar uma loja de roupas para avaliar se há demanda.

Uma ferramenta que pode ajudar nesse processo é o Kit Novo Negócio. Ele disponibiliza um passo a passo de como começar um negócio de sucesso. Você pode saber mais sobre ele clicando aqui.

Localização da Loja de Roupas

Você já está decidido a abrir a sua loja de roupas, mas não faz ideia de como escolher uma localização? Essa etapa é um ponto-chave do seu planejamento, pois impacta diretamente nas vendas.

Boa parte delas vem de pessoas que passam na frente do comércio, olham a vitrine e entram para conhecer. De preferência, procure por um local que reúna as quatro características abaixo:

  • Fachada visível
  • Fluxo de pessoas que sejam o seu público-alvo
  • Facilidade para estacionar
  • Vizinhança segura

Alguns exemplos de boa localização costumam ser:

  • Lojas em calçadões
  • Ruas com muitos comércios
  • Proximidade a pontos de transporte e/ou espaços de confraternização (parques, por exemplo)

Analise os pontos comerciais disponíveis e coloque na balança as vantagens e desvantagens de cada um. Essa é uma decisão que faz toda a diferença para alcançar êxito com o seu negócio de vestuário.

Fornecedores para a Loja de Roupas

Comprar roupas de fornecedores nem sempre é a melhor opção. Algumas vezes é mais vantajoso, principalmente para lojas de pequeno e médio porte, comprar como lojista em grandes centros comerciais.

Essa, inclusive, é uma das primeiras perguntas que surgem entre empreendedores iniciantes no mercado de vestuário: onde comprar roupa para revender?

Um exemplo de endereço que muitos lojistas procuram é a Rua 25 de Março, no município de São Paulo. Ele é considerado o maior centro de compras de toda a América Latina.

Nesses centros, é comum encontrar roupas com preços abaixo dos praticados pelos fornecedores. Além de ter uma vasta variedade de modelos e marcas, eles costumam definir um volume mínimo de compra bem acessível.

Compor o estoque inicial é um dos passos essenciais de como montar uma loja de roupas. Faça uma análise das vantagens e desvantagens entre comprar com fornecedores ou recorrer aos grandes centros comerciais.

Escolha das roupas

Comprar os modelos de roupas que o seu público deseja faz toda a diferença no volume de vendas do seu negócio. Por isso, conheça as preferências do seu target e entenda o que eles esperam encontrar na sua loja.

Um caminho para ter acesso a essas informações é fazer uma pesquisa com os possíveis clientes do seu negócio. Para definir onde comprar roupas para revender e acertar nas escolhas, você tem que compreender as vontades do público.

Saiba, por exemplo, se eles gostam mais cores neutras ou vivas, peças lisas ou estampadas, entre outras preferências. O bom comprador é aquele que escolhe as roupas pensando no cliente ao abrir uma loja de roupas.

Uma prática comum entre os varejistas de vestuário é entrar em contato com clientes cadastrados quando a mercadoria chega. Dessa forma, as lojas conseguem vender mais de 80% do estoque em 1 semana.

Investimento na Loja de Roupas

Esse é uma das questões mais importantes de como montar uma loja de roupas do zero. Você precisará investir em estrutura, fachada, decoração, estoque inicial, capital de giro e marketing inaugural.

Todos esses tópicos, juntos, somam o valor total inicial e vou explicar um pouco mais sobre cada um deles a seguir!

Infraestrutura da Loja de Roupas

Mesmo a montagem de uma loja de pequeno a médio porte (cerca de 50m²) exige a aquisição de muitos itens. Entre a imensa variedade de aparatos e móveis para lojas de roupas, separei alguns exemplos abaixo:

  • Balcão de atendimento
  • Araras de roupa
  • Espelhos
  • Provadores
  • Manequins
  • Poltronas
  • Gôndolas de parede
  • Mesa
  • Computadores e telefones

Ao escolher os móveis para loja de roupa, você deve levar em consideração o espaço disponível no ponto comercial. O ambiente precisa ser harmônico para que o cliente se sinta à vontade sempre que visitar o seu negócio.

Em média, o valor gasto com o mobiliário de uma loja de roupas varia entre 12 e 20 mil reais. Esse valor, porém, varia de acordo com as quantidades e o tipo de mobília escolhida para compor o local.

Estoque inicial da Loja

Outro elemento que varia bastante é o estoque inicial do seu negócio. Pode-se comprar 5 mil ou 50 mil. Tudo depende de você e das suas escolhas. Segundo lojistas experientes, esse valor não costuma estar abaixo de 16 mil reais.

Já o valor gasto com as reposições de estoque normalmente ultrapassa 8 mil reais.

Decoração e fachada

Para atrair pessoas que passam em frente ao seu negócio, esses dois aspectos precisam ser “impecáveis”.

A composição interna faz com que o consumidor se sinta confortável e pode até estimular o impulso de compra. Se o ambiente deixa o cliente à vontade, ele passa mais tempo olhando as mercadorias.

Isso vale tanto para o público feminino quanto para o público masculino. Ao abrir uma loja de roupas, o ambiente deve transmitir bem-estar para todos.

Juntamente com a decoração, a fachada revela muito sobre o seu comércio e seleciona o público-alvo “convidado” a entrar. Imagine algumas situações que você mesmo já vivenciou na hora de comprar algo.

Quantas vezes você já passou em frente à loja de uma marca que taxou de grife? Sem sequer olhar os preços, você imaginou que as peças eram muito caras ou que a loja “não era para você”.

Essas percepções se dão em razão de uma vitrine, da decoração e do estilo da fachada.

Concentre-se em criar uma identidade que traduza a personalidade da loja de roupas e convide as pessoas ideais a entrar. Para jovens, por exemplo, priorize cores vivas. Já para os adultos, tons neutros normalmente trazem resultados melhores.  

Capital de Giro da loja de roupas

O capital de giro é a reserva financeira para realizar novas compras de peças e manter o negócio ativo.

O valor do capital de giro varia em razão de diversos fatores. Alguns exemplos são o prazo de entrega da mercadoria, quantidade de compras parceladas, índice de inadimplência, entre outros.

Quando você monta uma loja de roupas, ele é ainda mais importante. Sem a recompra de novas roupas na mudança das estações e tendências, os ganhos estagnam.

Em outros termos, as vendas caem, já que os clientes buscam as peças da nova estação, não as antigas. Assim, é comum lojas realizarem queimas de estoque a fim de transformar as roupas em capital de giro.

Há quem separe um percentual (em torno de 15%) do investimento inicial para capital de giro. No entanto, isso está errado e pode acabar lhe causando prejuízos.

Se o capital de giro for menor que o necessário, pode faltar dinheiro no seu negócio, o que é grave. Imagine precisar de mercadorias e não ter capital suficiente para comprar! Essa situação dá início a empréstimos ou adiantamentos de vendas a prazo, com juros.

Para saber o valor ideal do capital de giro, trace um plano financeiro mínimo antes de abrir a sua loja de roupas.

O Kit Novo Negócio conta com um Simulador de Negócios onde é possível descobrir essa informação. Ele também revela o valor do investimento inicial e o valor mínimo em vendas para começar a ter lucros.

Ah, junto com o Simulador vai m plano financeiro pronto para uma loja de roupas!  

Marketing para a Loja

Se você quer ganhar dinheiro com a sua loja de roupas, precisa vender, certo? O marketing vai ajudar com isso.

Algumas das melhores estratégias para alcançar excelentes resultados em vendas com o seu varejo de vestuário são:

  • Marketing em redes sociais – lives, vídeos e fotos exibindo modelos com as principais roupas
  • Panfletagem
  • Composição de vitrine

Não deixe o marketing de fora do seu plano de negócios. Ele é um grande aliado nas vendas e pode gerar alta lucratividade para o seu comércio!

Faturamento da Loja de Roupas

De um modo geral, os comércios de roupas têm um bom faturamento. Umas mais que outras, é claro, mas as variáveis são muitas e vão além do nicho de atuação.

Na prática, a localização, o marketing e o atendimento têm o poder de aumentar bastante as vendas da loja. Observando o cenário, a margem de lucro líquido gira em torno de 12% a 16%.

Ou seja, vamos supor que sua loja de roupas, depois de montada, fature 35 mil reais no mês. Seu lucro líquido final será, em média, 5 mil reais! Trata-se apenas de uma estimativa de faturamento que, como dito antes, pode variar sob diversos aspectos.

Mais importante do que saber o valor que você ganhará é entender quanto precisa vender para não ter prejuízo. No mercado, chamamos isso de ponto de equilíbrio, o famoso zero a zero.

Você pode ver nesta tela com os gráficos do nosso Simulador de Negócios. Aqui, o investimento total, incluindo o estoque e o capital de giro, é de 91 mil reais.

Nesse caso, a lucratividade é 14,5% e o ponto de equilíbrio é de 30 mil reais em vendas.

É possível visualizar outros dados, como a retirada do sócio no valor de 3 mil e quinhentos reais, além da previsão de retorno do investimento em 14 meses e muito mais. Tudo para que você não seja pego de surpresa!

Afinal, montar uma loja de roupas é uma boa ideia?

Tem tudo pra ser! O sucesso depende da localização que escolher, do quanto você gosta de lidar com pessoas, do quanto está disposto a fazer dar certo e dos números de loja de roupas na sua localidade.

No final das contas, são os números que vão dizer se vale mesmo a pena investir na loja de roupas, quanto é possível lucrar e qual é o mínimo de roupas que você precisa vender para não ter prejuízo. Agindo com cautela e informação, você chega lá!

Se você gostou do conteúdo, siga as redes sociais e o canal Ideias de Negócios no YouTube. Acompanhe todos as novidades sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Precisa de ajuda para montar sua loja de roupas? Deixe um comentário ou entre em contato. Um forte abraço e até breve!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here