Como montar uma serralheria 

0
40

Antes de mais nada, muitas pessoas buscam o melhor meio de abrir uma serralheria. 

 E isso, por sua vez, não é nenhuma novidade de negócio, mas vem ano e vai ano ela continua com alta demanda e bom lucro. 

Isso se dá, principalmente, pelo alto volume de instalações de estruturas metálicas em novas construções. 

A maioria das peças, por exemplo, são feitas para atender a construção civil, bem como as manutenções, um portão que estragou, uma janela, grades, entre tantas outras chances. 

Quer abrir seu próprio negócio? Pegue um papel e vamos tirar as suas principais dúvidas. 

  • Como funciona uma serralheria 
  • Quanto custa para montar uma serralheria 
  • Qual o lucro da serralheria? 
  • Estrutura e equipamentos para iniciar 
  • Quanto custa um curso de serralheiro 
  • Quantos funcionários são necessários? 
  • Dicas para administrar uma serralheria com sucesso 
  • Como conseguir os primeiros clientes? 

Como funciona uma serralheria 

A serralheria fornece serviços de fabricação e instalação de estruturas em diferentes materiais, desde metal, aço, chapas, ferro galvanizado, entre outros.  

Dentre as estruturas mais frequentes estão os portões, portas, grades e janelas. 

A forma de lucro é basicamente duas: 

  • Venda do produto final. Por exemplo, fabricar e anunciar portões para venda. 
  • Fabricação ou serviço sob encomenda: quando o cliente solicita um serviço, é o caso de uma grade sob medida. 

Quanto custa para montar uma serralheria 

Desde já, o cálculo do capital inicial leva em conta dezenas de variantes. 

Desde a marca das máquinas assim como o custo do aluguel ou do estoque inicial podem influir no resultado final. 

Por isso eu não posso dizer que você vai gastar 30, 50 ou 200 mil reais, porque depende dos tipos que imagina para o seu negócio. 

Claro, é possível criar uma estimativa com dados bem próximos, e foi exatamente isso que eu fiz. 

Mas quero deixar bem claro: esse plano financeiro que vou apresentar não substitui o seu, você deve fazê-lo! 

Se tem dificuldades nisso, sugiro conferir o vídeo em que eu ensino passo a passo como fazer seu plano.  

Você pode acessar o vídeo pelo meu canal no Youtube, aproveite! 

Para calcular o investimento inicial eu utilizei dados de outras serralherias e lancei no simulador de negócios, com isso cheguei a um valor total investido entre 115 e 130 mil reais. 

Enfim, a distribuição deste valor ficou desta forma: 

  • Reforma, a adaptação, legalização, marketing e o aluguel inicial: 25 a 30 mil reais 
  • Móveis da loja e área de produção: 8 a 10 mil reais 
  • Equipamentos: 23 a 30 mil reais 
  • Capital de giro: 60 a 70 mil reais, sendo 50 mil reais de estoque inicial e 22 mil reais de caixa mínimo. 
  • Outros: 4 a 6 mil reais 

O estoque inicial é calculado com uma margem de 30 dias para trabalhar.  

Se, no seu negócio, você cobrar parte do valor adiantado e o capital de giro diminui.  

Há também serralherias que o cliente disponibiliza a matéria prima. Tudo isso vai influir no valor do capital. 

Outro ponto é que muitos não possuem todo o estoque de matéria prima do mês, contudo, fizemos um plano seguro para evitar imprevistos.  

Qual o lucro da serralheria? 

A serralheria em pauta, consegue faturar entre 85 e 100 mil reais, com margem de ganho líquido em média de 20%. 

Assim, depois de pagar todas as despesas e fazer uma retirada de pró-labore de 1 salário mínimo para o proprietário em razão de encargos sociais, o dono da serralheria ainda vai ter em caixa entre 17 e 20 mil reais. 

Lembre-se, esse valor pode variar para mais ou menos em razão das formas da sua ideia de negócio. 

Você pode fazer o seu próprio plano financeiro com o Simulador! 

Com ele, basta inserir alguns dados simples e os cálculos são executados na hora.  

No final, você recebe informações fáceis de interpretar, além de uma tela com os resumo e gráficos.  

Dentre as informações geradas pelo Simulador estão: 

  • Melhor diretriz empresarial e tributário 
  • Investimento inicial  
  • Estoque inicial e o caixa mínimo 
  • Capital de giro 
  • Ponto de equilíbrio: famoso zero a zero 
  • Faturamento bruto, líquido e margem de lucro 
  • Despesas mensais 
  • Encargos com funcionários 
  • Produtos mais rentáveis 
  • Quanto precisa vender para alcançar os ganhos desejados .
  • Informações exigidas por bancos para conceder o aporte empresarial 
  • E muito mais! 

Você pode conhecer melhor o simulador no meu canal do Youtube ou clicando aqui. Espero que você goste! 

Ah, e se ainda tem dúvidas se consegue fazer o seu próprio plano financeiro porque não sabe nada de cálculo, tenho uma boa notícia. 

Para ajudá-lo, vou deixar este modelo da serralheria para você. 

Porém, se tiver dificuldades no uso do simulador para criar seu plano, conte comigo que te ajudo. 

Mas não se preocupe, eu criei a ferramenta para ser simples e interativa! 

Estrutura e equipamentos para iniciar uma serralheria 

A serralheria precisa de espaço, por isso, além de um ambiente de loja ou para atender, com cerca de 40 a 50², sugiro um galpão adaptado com no mínimo 120 m². 

Desse modo, é difícil encontrar serralherias em regiões centrais, pois o custo do aluguel de um espaço grande pode impedir o negócio e toma uma grande parte dos ganhos. 

Uma serralheria completa precisa de várias máquinas, dentre elas: 

– Máquina de corte  

– Furadeira de impacto 

– Furadeira de bancada 

– Esmerilhadeira  

– Serra Tico Tico 

– Lixadeiras do tipo orbital pneumática, roto-orbital, cinta e delta. 

– Morsa ou Torno de bancada  

– Compressor de ar 

Como a lista é grande, no vídeo em meu canal do Youtube, você acha um link para baixar a lista completa dos itens principais para começar seu negócio.  

Espero que aproveite. 

Quanto custa um curso de serralheiro 

É possível achar cursos online com certificado por 150 reais, mas se você não tem experiência na área, sugiro procurar os cursos presenciais do SENAI. 

Em média, os cursos do SENAI têm um custo por mês entre 180 e 250 reais. Verifique na sua cidade! 

Quantos funcionários são necessários? 

Vamos pensar em uma serralheria de pequeno a médio porte, com volume de lucro bruto perto de 100 mil reais, é possível iniciar com 7 colaboradores: 

  • 2 serralheiros 
  • 1 auxiliar de montagem 
  • 1 vendedor 
  • 1 atendente 
  • 1 aux. Administrativo 
  • 1 aux. Serviços gerais 

Se a serralheria ainda não tem movimento pois começou agora, o que fazer?  

Dessa forma, o quadro pode ser reduzido para 1 serralheiro e 1 auxiliar, 1 vendedor, 1 auxiliar de serviços gerais. 

Dicas para administrar uma serralheria com sucesso 

O segredo do sucesso na administração financeira da serralheria está em saber unir o custo e o lucro. 

Por outro lado, tome muito cuidado com a matéria prima, desperdício e gastos extras. Acima de tudo, é nela que está o lucro final. 

Um erro frequente é diminuir o preço para ficar abaixo da concorrência, isso pode quebrar seu negócio. 

Analise o seu custo, preço, margem de lucro, expectativa de ganhos, ponto de equilíbrio e outros fatores para encontrar o preço ideal. Uma vez que encontre, mantenha! 

O concorrente cobra menos? 

Crie diferenciais competitivos que façam com que os clientes prefiram o seu trabalho em vez de alterar o preço.  

Afinal, do que adianta ter muito serviço e não sobrar dinheiro no final do mês? 

Da mesma forma, funcionários também podem apresentar problemas de ociosidade, é perfeitamente normal. 

Sempre que perceber a necessidade de contratar um novo colaborador em razão da crescente demanda, faça uma avaliação atenta de repousos. 

Para que serve? para verificar se há mesmo a necessidade de contratação e se o seu quadro de funcionários não consegue mesmo suprir os novos pedidos. 

É comum que incentivos e um bom ambiente de trabalho aumente em até 30% o volume de produção, pense nisso!

 

Como conseguir os primeiros clientes? 

As serralherias recebem muitos pedidos, dentre eles de empresas e pessoas físicas. 

Ter um vendedor, por exemplo, para entrar em contato com empresas e divulgar a serralheria é o ideal.  

Assim como enviar catálogos com trabalhos já feitos e a média de valores, desta forma, quando houver interesse as empresas podem entrar em contato. 

Já as pessoas físicas costumam buscam por serralherias ao ver uma publicação nas redes sociais de algo que gostaram. 

Então a dica é: publique as fotos de todos os seus trabalhos, em especial depois da instalação, depoimentos de clientes satisfeitos e descrições dos serviços. 

 Você pode divulgar em grupos locais, como os disponíveis no Facebook. 

Lembre-se ainda de cadastrar a sua empresa no Google Meu Negócio, assim você tem chances de aparecer para as pessoas que buscarem por serralheria no Google. 

Gostou das informações recebidas? 

Então compartilhe o post com aqueles que sabe que também se interessam pelo assunto. 

Precisa de ajuda? Deixe seu comentário ou entre em contato comigo

Até a próxima! 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here