Como Montar um Açougue

2
94

Qual é a melhor localização para montar um açougue? Como fazer o plano financeiro antes de iniciar? Quais são as máquinas e os equipamentos necessários?

Se você quer saber as respostas para essas perguntas e muito mais, continue por aqui. Você ainda vai conhecer uma ferramenta exclusiva que pode ajudar com o plano financeiro do seu negócio.

Antes de entrarmos no conteúdo, responda nos comentários: qual é a sua principal dúvida ou desafio para abrir um açougue? Ok?!

A partir de agora, vamos revelar dicas específicas para você montar um comércio de carnes de sucesso.

Dificilmente você verá um açougue com carnes de qualidade vazio. É um negócio com alta demanda e que, se bem administrado, tem tudo para ser um verdadeiro sucesso.

Outro ponto positivo em trabalhar com venda de carnes é que a inflação e eventuais aumentos são repassados ao consumidor. Em outras palavras, o lucro permanece intacto.

Neste post, falaremos sobre como montar um açougue do zero. Veja o que você vai encontrar por aqui:

  • O planejamento do açougue
  • Localização do açougue
  • Estrutura do ponto comercial
  • Investimento para montar o açougue
  • Qual é o lucro de um açougue?
  • Fornecedores de carne
  • Diferencial competitivo
  • Montar um açougue é um bom negócio?

Vamos começar?

O planejamento do açougue

Você sabe por onde começar o plano do seu comércio de carnes? Uma boa maneira é descobrir qual é o valor mínimo que você precisa vender para começar a ter lucro.

É possível chegar a esse número através do levantamento de custos, dos preços de venda, dos funcionários e outras despesas.

Isso é o que nós chamados de ponto de equilíbrio. É o ponto em que você paga todos os custos e, a partir daí, começa a lucrar.

Depois de descobrir esse valor, é hora de procurar um local onde é viável vender acima dessa quantia.

Sabendo da complexidade desses cálculos, nós preparamos uma ferramenta que faz todas as contas automaticamente: investimento, lucratividade, capital de giro, impostos e ponto de equilíbrio.

Caso você decida usar nossa ferramenta, junto com ela vai um modelo já preenchido do plano financeiro de um açougue.

Localização do açougue

É comum ver açougues mais afastados da região central. Na verdade, por ser relativamente difícil achar boas casas de carne, as pessoas acabam por se deslocar.

Ainda assim, é ideal que o negócio esteja localizado em grandes bairros, atingindo o público local. Outra opção são as avenidas com bastante tráfego de pessoas e veículos.

O mercado municipal também costuma ser uma boa alternativa de localização. Caso haja um ponto disponível, avalie se os açougues instalados por lá estão vendendo bem.

Se estiverem, pode ser uma ótima ideia montar seu açougue no local também.

Estrutura do ponto comercial

Já a estrutura do ponto comercial precisa de uma atenção especial.

É recomendável que o tamanho seja maior que 80 m². Assim, os equipamentos podem ser alocados com conforto e os colaboradores trabalharão com liberdade.

Lembre-se que não se resume ao local em que os açougueiros atendem. Será preciso espaço para:

  • Câmara fria,
  • Mesa e espaço para desossa;
  • Máquinas e equipamentos;
  • Exposição de mercadorias;
  • Caixa registradora;
  • Salão para os clientes.

Procure por um ambiente fácil de limpar ou que você possa reformar para passar a imagem de higiene e limpeza.

Também será necessário atender às exigências da vigilância sanitária local. Geralmente, os requisitos são: teto forrado, piso de cor clara e paredes com tinta acrílica lavável ou azulejos.

Ligue para o órgão responsável da prefeitura e veja quais são as exigências na sua cidade.

Investimento para montar o açougue

O investimento para abrir um comércio de carnes varia em razão da estrutura e dos equipamentos.

Demais fatores que influenciam são: capital de giro necessário, volume de vendas estimado, reforma do ponto comercial, entre outros.

Por isso, os valores a seguir são estimativas. Para saber ao certo o investimento, é preciso conhecer as características do açougue que você deseja montar.

Em média, o investimento fica entre 25 e 30 mil reais para um açougue pequeno equipado com maquinários novos.

Agora, se optar por economizar e comprar equipamentos usados, o valor pode cair em até 40%.

Dentre os equipamentos necessários para abrir um açougue estão:

  • Balança Digital;
  • Serra Fita;
  • Amaciador de Carne;
  • Balcão de Açougue;
  • Mesa Inox Para Cortar Carne;
  • Moedor de Carne Industrial;
  • Máquina de Embalar a Vácuo;
  • Câmara Fria;
  • Moedor de Carne do tipo Industrial;
  • E muitos outros…

Capital de Giro

Capital de giro é valor que você deve reservar para manter o açougue funcionando. Especialmente quando a geração de caixa for insuficiente para fazer pagamentos do dia a dia.

Isso acontece por vários motivos.

Vamos ver alguns exemplos? No primeiro mês, você precisa pagar os pedidos antecipadamente, mas ainda não recebeu as vendas realizadas no cartão de crédito.

Ou as vendas ficam abaixo do esperado e você precisa arcar com salários, aluguel e retirada de pró-labore para despesas pessoais.

É comum o empreendedor separar entre 10 a 15% do investimento para capital de giro. Porém, isso é um terrível erro. Essa estimativa não leva em consideração as particularidades e as variáveis de cada negócio.

O risco aqui é faltar dinheiro e você precisar pagar juros. Seja no cheque especial, na antecipação das vendas ou em parcelas de empréstimo.

Por isso, é importante fazer os cálculos financeiros específicos para a sua empresa.

No nosso Simulador de Negócios, o capital de giro é calculado automaticamente. A conta é feita de acordo com despesas, vendas, recebimentos e tempo de entrega da carne pelo fornecedor.

Qual é o lucro de um açougue?

Quando falamos em ganhos, estamos falando mais uma vez de estimativas. Você só terá o valor exato quando souber os números reais do seu negócio.

O que observamos é que a média de lucro líquido dos açougues pequenos gira entre 9 e 13 mil reais. Isso depois de consolidado. Por outro lado, açougues de médio porte, bem estruturados, conseguem faturar acima de 25 mil reais.

Lembrando que lucro líquido é o quanto de dinheiro sobra no caixa para retirada. Já descontando todos os gastos do negócio, impostos e sua retirada de pró-labore.

Falando em pró-labore, é importante definir um que seja suportado pelo açougue.

Se o lucro é de 20 mil reais e o dono retira esse valor todo mês, o que acontece? Não sobra dinheiro para expandir o negócio. Talvez faltem recursos para fazer reformas ou comprar novos equipamentos, quando necessário.

Esse é mais um motivo para ter um plano financeiro antes de abrir o seu açougue.

Fornecedores de carnes

Para alcançar o sucesso, um açougue precisa ter carnes de qualidade, variedade e bons preços. Isso está ligado diretamente aos fornecedores.

Por esse motivo, faça uma lista com as principais opções. Busque também fazendeiros na sua região. Muitas vezes você conseguirá preços ainda melhores e carnes de excelente qualidade.

Tenha em mente que, se você comprar direto com o fazendeiro, o animal deverá ser enviado para abate. Portanto, o processo pode dar um pouco mais de trabalho.

Analise com calma e avalie qual é a melhor escolha na sua cidade ou área.

Diferencial competitivo

Pela dificuldade do consumidor em identificar os tipos de carnes, alguns açougues não entregam exatamente a carne pedida pelo consumidor.

Cuidado, não permita que isso aconteça no seu negócio!

A fidelidade de um cliente satisfeito e que confia no estabelecimento vale muito mais que um ganho financeiro imediato.

Logo, o simples fato de ser correto, caprichar no atendimento e na precisão dos cortes já é um diferencial competitivo.

É comum encontrar pessoas indicando determinado açougue porque confiam, o açougueiro faz o que pedem e a carne é macia.

Logo, qualidade da carne, confiança e bom atendimento são essenciais no caminho para vencer a concorrência.

Montar um açougue é um bom negócio?

Sinceramente, pode ser um ótimo negócio! Vai depender do quanto você está disposto a fazer o empreendimento dar certo. A localização escolhida, a qualidade das carnes, o atendimento e, principalmente, os números do açougue também contam muito.

No final das contas, são os números que vão dizer se vale mesmo a pena investir no açougue. Eles revelam quanto é possível lucrar e qual é o mínimo de carnes que você precisa vender para começar a ter lucro.

Se você precisar de ajuda para montar seu açougue, deixe um comentário ou entre em contato. Continue acompanhando nosso conteúdo sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora. Um forte abraço e até breve!

2 COMMENTS

  1. Boa noite . Sou Edu Araújo , moro em Londrina PR , Estou de mudança pra SP , com a possibilidade de abrir um açougue pequeno

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here