Como Montar uma Loja de Conveniência

0
63

Quanto é preciso investir? Qual é o lucro? Abrir uma loja de conveniência é mesmo um bom negócio?

Quer descobrir tudo isso? Então fique por aqui e conheça também uma ferramenta que você pode usar para fazer todo o plano do negócio. Ainda que não tenha nenhuma experiência!

Primeiramente, deixe nos comentários: qual é a sua principal dúvida ou dificuldade em montar uma loja de conveniência?

A partir de agora vamos direto para as dicas de como iniciar uma loja de sucesso.

O mercado brasileiro de lojas de conveniência já tem mais de 20 anos e continua em alta. Estamos falando de um faturamento anual de 3,3 bilhões de reais.

Com esse cenário aquecido, fica claro que abrir uma loja de conveniência tem potencial. Ou seja, pode ser a ideia perfeita para pôr em prática.

Ficou interessado?

Veja como montar uma loja de conveniência e tire suas dúvidas sobre:

  • Concorrência e mercado
  • Público-alvo
  • Localização
  • O que vender?
  • Estrutura e ambientes
  • Equipamentos
  • Funcionários
  • Investimentos iniciais
  • Faturamento
  • Como aumentar as vendas?

Em outras palavras, tudo o que você precisa saber está neste post. Vamos começar?

Concorrência e mercado

Como falamos antes, as lojas de conveniência estão em alta, tendo como maior diferencial a praticidade do atendimento.

Os tipos de lojas mais comuns são do ramo de alimentos, localizadas em posto de gasolina.

Uma ótima notícia é que, muitas vezes, a loja é a principal razão para o consumidor ir ao posto.

Em contrapartida, Lojas Americanas, Carrefour e Pão de Açúcar são exemplos de grandes empresas que abriram “versões express“.

Então fique atento, porque a concorrência é forte e não para por aí!

Grandes redes de farmácias também oferecem uma diversidade de produtos, como refrigerantes, sucos, chás, doces e chocolates, tornando-se concorrentes importantes.

Público-alvo da Loja de Conveniência

No Brasil, a maioria dos clientes são homens de 18 a 35 anos que buscam comodidade. Assim como não se importam de pagar mais caro pelos produtos.

Geralmente levam uma vida corrida e dispõem de pouco tempo para cuidar de assuntos domésticos e da alimentação da família.

Localização certa para a Loja de Conveniência

Nesse tipo de empreendimento, a escolha da localização é uma das decisões mais importantes a se tomar.

Isso porque lojas de conveniência costumam atrair clientes nos horários em que supermercados e restaurantes já estão fechados.

Logo, é comum encontrar muitas delas ao lado ou dentro de postos de gasolina que funcionam 24 horas.

Há ainda a vantagem de o estabelecimento poder contar com estacionamento próprio, segurança, iluminação e movimento.

Prefira bairros residenciais com grandes avenidas que se interligam a outros pontos da cidade. Assim você pode atrair tanto moradores da área quanto motoristas que estiverem de passagem.

O que vender ao abrir uma Loja de Conveniência?

Seu cliente sabe que não encontrará na sua loja a mesma variedade de um hipermercado. Entretanto ele espera que você ofereça o básico para atender àquela necessidade momentânea.

A busca costuma ser por algo simples, do dia a dia, fácil e rápido de comprar. Por exemplo, itens de alimentação e higiene pessoal como:

  • bebidas;
  • salgados;
  • doces;
  • pratos congelados;
  • sorvetes;
  • cigarros;
  • sabonetes;
  • shampoo e condicionador;
  • desodorantes;
  • absorventes íntimos.

Estrutura e ambientes

Em relação à estrutura, uma loja de conveniência deve ter uma área mínima de 70 m².

Os ambientes podem ser divididos em: área para exposição de produtos, balcão de atendimento, caixa, sala de estoque e banheiros.

Além disso, leve em consideração aspectos como ambientação, decoração, circulação de pessoas, ventilação e iluminação interior.

Já na área externa, atente para fachada, letreiros, estacionamento e a percepção da loja por quem está do lado de fora. A iluminação externa correta faz milagre!

A exposição dos produtos deve ser organizada desde a entrada da loja. Disponha os itens em gôndolas na altura dos olhos, além de prateleiras e vitrines.

Por fim, não custa lembrar: higiene e limpeza devem ser impecáveis!

Equipamentos necessários para montar uma Loja de Conveniência

A princípio uma loja de conveniência precisará de:

  • vitrine, balcão, prateleiras e gôndolas;
  • freezers e geladeiras;
  • micro-ondas;
  • estufas;
  • caixa registradora;
  • telefone e internet (wi-fi);
  • computador;
  • caixa.

Assim você garantirá os equipamentos essenciais para atender os clientes.

Quantos funcionários precisa ao montar uma Loja de Conveniência?

Para uma estrutura de 70 m², uma loja de conveniência pode operar com um mínimo de 3 funcionários:

  • gerente;
  • vendedor;
  • operador de caixa.

Caso o estabelecimento funcione 24 horas por dia, será necessário estipular escalas e turnos de serviço, bem como contratar mais funcionários.

Investimento para abrir uma Loja de Conveniência

O investimento para montar uma loja de conveniência de pequeno porte varia em razão de diversos fatores. Por exemplo: adaptação do ponto comercial, marcas e tipos de equipamentos adquiridos, estoque inicial, entre outros.

Sendo assim, o que podemos fazer é trazer uma estimativa com base em lojas de conveniência já abertas.

Vale lembrar que essa estimativa não descarta a necessidade de um plano financeiro.

Para esses cálculos, utilizamos o Simulador de Negócios, uma ferramenta que gera todo o relatório automaticamente. Basta inserir as informações solicitadas!

A média de valores para abertura ficou entre 60 e 90 mil reais, utilizados como você verá abaixo.

Reforma e reparos

Frequentemente o ponto comercial precisa de adaptações, como pintura, acabamento, ar condicionado e reparos na rede elétrica ou hidráulica. Isso custa em torno de 8 mil reais.

Móveis e utensílios

Já a compra de móveis, maquinário e utensílios em geral, como micro-ondas, por exemplo, tem custo médio de 14 mil reais.

Capital de giro

O valor necessário para capital de giro depende de fatores como:

  • prazo de pagamento;
  • tempo de entrega dos produtos pelos fornecedores;
  • caixa mínimo;
  • entre outros.

Isso tudo é levado em consideração pelo Simulador de Negócios para determinar o capital de giro.

Todavia, no nosso exemplo, o capital de giro estimado ficou em 36 mil reais, com estoque inicial médio de 20 mil reais e caixa mínimo de 16 mil reais.

Qual é o lucro ao montar uma Loja de Conveniência?

Por outro lado, uma loja de conveniência já estabelecida recebe em torno de 300 clientes por dia. O faturamento médio (bruto) é de até 100 mil reais por mês.

Desse valor, o ganho líquido gira no percentual de 16% a 19%, ou seja, 15 a 20 mil reais.

Através do Simulador de Negócios, o cálculo dos dados financeiros é realizado automaticamente. Dentre eles:

  • investimento;
  • gastos mensais;
  • estoque;
  • ponto de equilíbrio (famoso zero a zero);
  • quantidade de vendas necessárias para atingir os ganhos esperados.

Basta preencher os dados do negócio e pronto!

Como aumentar as vendas da sua Loja de Conveniência?

Para entrar e ganhar espaço no mercado, o seu ponto tem que aparecer e agradar. Logo depois de montar a sua loja, algumas ações de marketing e propaganda que podem ajudar com isso são:

  • flyers;
  • anúncios em redes sociais;
  • promoções;
  • programa de fidelidade;
  • entre outras.

Além disso, instale uma fachada atraente, que seja visível e fácil de localizar pelos motoristas.

É igualmente importante prezar por uma boa variedade de produtos.

Algumas lojas de conveniência reservam um espaço para uma pequena cafeteria e criam combinações de lanches rápidos, acompanhados de um expresso ou outra bebida de café.

Essa iniciativa costuma gerar bons resultados por conquistar clientes em horário comercial. Ou seja, naquele momento pouco frequentado pelo público-alvo.

Lembre-se também de capacitar seus funcionários sobre os produtos disponíveis e, principalmente, sobre a importância da excelência no atendimento.

Com essas estratégias, certamente não vai demorar até as pessoas descobrirem sua loja de conveniência e começarem a frequentá-la regularmente.

Montar uma loja de conveniência é um bom negócio?

Pode ser um ótimo negócio. No entanto, o que vai determinar o sucesso é a localização escolhida, sua aptidão e os números da loja.

Portanto faça um plano financeiro e descubra se os valores de investimento, vendas e lucratividade são favoráveis.

Veja também quanto você vai precisar vender para pagar todos os custos do mês e começar a ter lucro. Isso é o que chamamos de ponto de equilíbrio.

Assim você fica preparado para diferentes situações e aumenta bastante suas chances de sucesso!

Gostou do nosso post? Aproveite para deixar seu like e continue acompanhando os conteúdos sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Caso precise de ajuda para montar sua loja de conveniência, escreva nos comentários ou entre em contato.

Um forte abraço e até breve!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here