Como Montar uma Escola de Inglês

0
3

Tem o sonho de montar uma escola de inglês, mas não sabe por onde começar? Neste post, você vai descobrir tudo o que precisa para que a sua ideia finalmente saia do papel.

Saiba quanto custa abrir uma escola de inglês, qual é o faturamento e a margem de lucro, como montar a estrutura necessária e muito mais.

Além disso, conheça uma ferramenta incrível que vai ajudar você a planejar todo o negócio, mesmo que tenha pouca ou nenhuma experiência.

Vamos agora para as dicas de como montar uma escola de inglês do zero e alcançar o sucesso!

Como montar uma escola de inglês de sucesso

Atualmente, falar um segundo idioma é requisito para preenchimento de diversas vagas de emprego.

Além disso, aumenta as chances de encontrar oportunidades de empreendimento, por exemplo, através da importação ou da prestação de serviços para outros países, com recebimento em dólar.

Montar uma escola de inglês, portanto, pode ser uma excelente ideia, já que a busca pelo aprendizado do idioma é crescente.

Então o que acha de aproveitar essa necessidade e começar o seu negócio no ramo?

Entre os pontos positivos de abrir uma escola de inglês, estão o investimento relativamente baixo, a margem de lucro líquido acima de 20% e as despesas mensais baixas.

Ficou interessado? Neste post vamos falar sobre:

  • Qual é o custo para abrir uma escola de inglês? Investimento Inicial
  • Faturamento de uma escola de inglês
  • Qual é a margem de lucro da escola de inglês? Quanto ganha o dono da escola?
  • Estrutura e funcionários
  • Como escolher o professor certo para a escola de inglês?
  • Franquia ou escola própria? Qual é a melhor opção?
  • Escola de inglês online vale a pena?
  • Localização ideal para abrir uma escola de inglês
  • Como criar um diferencial competitivo e se destacar da concorrência?
  • Dicas de marketing para conquistar os alunos

Investimento inicial: Qual é o custo para abrir uma escola de inglês?

Antes de mais nada, o investimento de uma escola de inglês pode variar por diversos motivos. A escolha dos móveis, por exemplo, ou ainda: valor do caução, gastos com reforma, investimentos em marketing, entre outros.

Por isso, não posso dizer que você vai gastar 10 ou 100 mil reais, já que seria necessário conhecer todos os detalhes da sua ideia.

Eu sei, no entanto, que você precisa de uma estimativa de valor a fim de descobrir se o investimento inicial está ou não dentro do seu orçamento.

Então montei uma simulação a partir de dados aproximados de outras escolas de inglês para assim ter uma estimativa.

Mas cuidado! Afinal, essa estimativa não substitui um plano financeiro com dados específicos da sua escola de inglês.

De acordo com os nossos cálculos, abrir uma escola de inglês pequena custa entre 25 e 30 mil reais. Esse valor foi dividido da seguinte forma:

  • reforma e benfeitorias no ponto comercial: 5 mil reias;
  • móveis e aparelhagem: 8 mil reais;
  • capital de giro: 6 a 7 mil reais;
  • legalização, caução de aluguel e extras: 6 a 10 mil reais.

Faturamento de uma escola de inglês

Em uma escola de inglês pequena, conforme os números da simulação, o faturamento bruto gira na casa dos 28 a 35 mil reais.

Já a margem de lucro líquido é de aproximadamente 28%, podendo variar para mais ou menos.

Assim, depois de pagar todas as despesas do negócio, o dono da escola de inglês tem em caixa de 8 a 10 mil reais.

Você também pode fazer simulações, assim como eu, com a mesma ferramenta que usei. Com ela, tudo o que você precisa é inserir alguns dados e pronto!

Centenas de cálculos complexos são realizados automaticamente e, como resultado, você recebe informações fáceis de interpretar. Tudo em uma tela com resumo e gráficos.

Veja alguns dados fornecidos pelo Simulador de Negócios:

  • melhor enquadramento empresarial e tributário;
  • investimento inicial;
  • estoque inicial e caixa mínimo;
  • capital de giro;
  • ponto de equilíbrio (o famoso zero a zero);
  • faturamento bruto, líquido e margem de lucro;
  • despesas mensais;
  • encargos com funcionários;
  • produtos mais rentáveis;
  • quanto você precisa vender para alcançar os ganhos desejados;
  • informações exigidas por bancos para conceder financiamento empresarial;
  • e muito mais!

Estrutura e funcionários

A princípio, uma escola de inglês pode ser montada em um espaço de aproximadamente 100 m², contendo:

  • área de recepção;
  • três salas de aula;
  • banheiro masculino e feminino;
  • sala de audiovisual;
  • espaço de confraternização.

Quanto aos colaboradores, é possível começar com dois professores, um atendente e um vendedor ou especialista em marketing para atuar ativamente na busca por novos alunos.

Uma vez que você tenha o espaço, é hora de comprar o mobiliário da escola de inglês:

  • mesas;
  • cadeiras;
  • quadros;
  • televisor ou projetor;
  • clmatizadores;
  • sofás (sala de espera e recepção).

Como escolher o professor certo para a escola de inglês?

Escolher os professores certamente é uma das etapas mais importantes. Sendo assim, separei algumas dicas e dividi a análise nas categorias a seguir.

  • Conhecimento: verifique qualificação profissional, vivência com o idioma em outros países e certificação internacional, como a prova da TOEFL;
  • Didática: habilidade e eficiência do professor em ensinar;
  • Comprometimento e características pessoais: pontualidade, interesse, disposição, entre outras.

Uma boa dica é fazer um contrato de experiência ou temporário.

Lembre-se também de pedir o feedback dos alunos, pois essa é a melhor maneira de avaliar os professores.

Franquia ou escola própria? Qual é a melhor opção?

Antes de mais nada, ambas as opções têm vantagens e desvantagens.

A franquia traz como vantagens a facilidade frente à burocracia, como emissão de diplomas e reconhecimento da certificação, além da marca já reconhecida, materiais e metodologia de ensino.

Em contrapartida, os pontos negativos são: o pagamento de royalties e taxas, obrigatoriedade de seguir o modelo de negócio e pouca autonomia para implementar mudanças.

Começar a própria escola de inglês permite alavancar e ter melhores lucros a longo prazo, mas é preciso um bom plano financeiro.

O início é menos turbulento ao adquirir uma franquia, sem dúvidas. Contudo os gastos para começar uma escola de inglês do zero são menores e o retorno financeiro tende a ser superior.

Vale lembrar que as franquias têm prazo de fidelidade previsto em contrato, que normalmente varia entre 5 e 10 anos.

Escola de inglês online vale a pena?

A resposta é: depende! Pode sim ser uma boa opção de negócio, mas você precisa tomar cuidado.

Há regiões que não comportam mais uma escola de inglês, por exemplo, uma vez que as existentes atendem à demanda.

Por outro lado, também existe muita oferta na internet. Isso porque os cursos online aumentaram e materiais gratuitos surgiram em canais como YouTube e sites, já que muitas pessoas buscam aprender de forma autodidata.

Quando há um diferencial competitivo, contudo, uma escola de inglês é uma excelente ideia.

A procura por aulas de inglês é crescente, visto que o idioma é um diferencial para muitas profissões e até requisito obrigatório para preencher algumas vagas.

Uma boa dica é focar em alunos na faixa de 35 a 40 anos, por exemplo. Esse pode ser, inclusive, o diferencial competitivo da sua escola, já que:

  • pessoas mais velhas normalmente preferem uma escola de inglês a buscar materiais e cursos online;
  • é comum as pessoas acima dos 35 anos sentirem-se deslocadas em ambientes cheios de jovens: turmas com pessoas de mais idade costumam atrair outras;
  • normalmente é um grupo com condições financeiras para pagar um curso de inglês.

Localização ideal para abrir uma escola de inglês

A localização ideal precisa, acima de tudo, unir custo e benefício. Esse é o erro mais comum de quem vai começar um negócio, então preste muita atenção.

Por exemplo: um espaço no centro da cidade por 8 mil reais versus um ponto a 3 quadras de distância e ainda de fácil acesso, por 2 mil reais.

Imagina investir 6 mil reais em marketing! É provável que, dessa forma, você consiga 3, 4, talvez até 5 vezes mais alunos do que o concorrente na região central.

Para uma escola de inglês, há 3 pontos interessantes que devem ser considerados:

  • próximo a escolas e instituições de ensino, principalmente se o foco for o público jovem;
  • próximo a locais com fluxo de empresas e trabalhadores;
  • na região central, desde que com um bom custo-benefício para que o aluguel não acabe com os seus lucros!

Faça sempre uma análise da região, de quem será seu público-alvo principal e o trajeto que essas pessoas costumam fazer.

Como criar um diferencial competitivo e se destacar da concorrência?

No momento em que for criar um diferencial competitivo, pense no seu público-alvo. O que eles gostariam de encontrar na escola de inglês?

Se possível, faça uma enquete com a finalidade de descobrir o que eles desejam. Confira alguns exemplos:

  • aulas de conversação com nativos 1x por semana;
  • simulações de situações reais do dia a dia em outro país;
  • confraternização;
  • estacionamento;
  • descontos em compras;
  • entre outros.

Dicas de marketing para conquistar os alunos

Conseguir alunos é um ponto-chave para o sucesso da sua escola de inglês, então veja quais formas de marketing costumam trazer melhores resultados:

  1. entre em contato com escolas e empresas oferecendo desconto para novos alunos (faça um desconto real e que valha a pena!);
  2. divulgue em grupos online e redes sociais;
  3. faça sorteios nas redes sociais e peça para marcar pessoas e compartilhar para participar;
  4. ofereça aulas gratuitas para despertar o interesse;
  5. crie a opção de fazer uma semana de aula grátis, a fim de despertar o interesse de potenciais alunos;
  6. monte um programa de indicação com descontos para quem é aluno, costuma funcionar muito bem.

Essas são as estratégias com melhor desempenho, sem dúvida. Em contrapartida, panfletagem, anúncios em rádio e outras formas mais tradicionais costumam trazer poucos resultados frente aos custos gerados.

Montar uma escola de inglês é um bom negócio?

Ainda está em dúvida se abrir uma escola de inglês é uma boa ideia? Esse pode ser um ótimo negócio, desde que você preste atenção em alguns aspectos.

Para que a sua escola de inglês tenha alunos e seja reconhecida no ramo, ter aptidão é apenas o começo.

Isso porque o sucesso de uma empresa depende, principalmente, de um plano de negócios bem elaborado. Ou seja, você precisa estudar e planejar todos os detalhes do empreendimento.

Um dos principais pontos, com toda a certeza, é conhecer os números da escola de inglês. Portanto faça um plano financeiro a partir das características da sua ideia!

Dessa forma, você vai saber se começar uma escola de inglês agora é realmente viável ou não. Isto é, se os valores correspondem às suas expectativas iniciais.

Em outras palavras, você diminui os riscos e suas chances de sucesso aumentam!

Espero, enfim, que você tenha gostado do conteúdo e aproveite ao máximo todas as dicas. Continue acompanhando nossos artigos sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Precisa de ajuda para montar uma escola de inglês? Então deixe um comentário ou entre em contato! Até a próxima.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here