Como montar um ateliê de costura gastando pouco [simples e lucrativo 

0
1

Pensou em montar um ateliê de costura do zero e gastando pouco?  

Tem a habilidade para costurar e quer começar o seu próprio negócio?  

Então fique atenta às dicas de investimento, a escolha da localização, os equipamentos e como conquistar os seus primeiros clientes. 

Além disso, eu vou te apresentar uma ferramenta incrível que é capaz de ajudar em todos os cálculos necessários, mesmo que você não entenda de contas!  

Até porque, um ateliê pode ser uma boa ideia de negócio com margem de lucro em torno de 32%.

E melhor, com um investimento relativamente baixo. 

Dicas de investimento, localização, margem de lucro e muito mais para você montar o seu ateliê de costura

Pronta para saber mais? 

Então aproveite este post pois, nele vamos falar sobre: 

  • – Quanto custa montar um ateliê de costura 
  • – Faturamento, margem de lucro e ganhos do ateliê 
  • – Maquinas de costura para abrir um ateliê 
  • – Como organizar o ateliê de costura 
  • – Localização: abrir em casa vs ponto comercial 
  • – Dicas para conquistar os primeiros clientes 

Quanto custa montar um ateliê de costura 

É impossível dizer que você vai gastar 4 ou 40 mil reais no seu ateliê sem conhecer as características da sua ideia. Por exemplo, terá funcionários?  

Os equipamentos serão novos ou usados? Qual é a estimativa de pedidos? A abertura será em casa ou em um ponto comercial? 

São dezenas de variáveis que podem impactar no investimento inicial. 

Mas como eu sei que você precisa de uma estimativa para saber se o negócio está ou não dentro das suas possibilidades, eu fiz um plano financeiro com dados parecidos com outros ateliês de costura.  

Antes de te passar os dados, lembre-se, as estimativas não substituem o seu próprio plano financeiro, que deve levar em conta os detalhes da sua ideia de negócio. 

No entanto, se ainda não sabe como fazer um plano financeiro, você pode conferir um vídeo aqui onde dou dicas e ensino os passos para criar um plano financeiro do Zero.  Espero que goste! 

Quanto custa montar um ateliê de costura – Opções

Vou te passar duas opções: 

  • Ateliê em casa com pouco dinheiro: R$ 2.000 a R$ 3.000 reais.  

Sendo assim, nesse modelo de negócio não há funcionários, o proprietário é o responsável pela prestação do serviço. O número de clientes é menor.  

Os equipamentos são adquiridos em estado de usados e além disso, pode-se utilizar uma a duas máquinas domésticas. 

Já a versão do plano financeiro que criei, em que o ateliê está situado em um ponto comercial, possui uma costureira como funcionária, usa equipamentos industriais e atende maior volume.  

Os equipamentos do plano financeiro são novos, se você quiser comprar usado pode ter uma redução de até 30% no capital inicial. 

O capital total ficou em média, R$ 22 mil reais. O valor foi utilizado assim: 

  • Gasto com equipamentos: R$ 10.000,00 
  • Gastos na estrutura inicial, por exemplo, adaptação da estrutura, caução de aluguel, móveis, legalização, marketing, entre outros: R$ 6 a R$ 7 mil reais. 
  • Capital de giro: R$ 5 a 6 mil reais, sendo em torno de R$ 800 reais de estoque de materiais e R$ 4 mil reais de caixa mínimo. 

Faturamento, margem de lucro e ganhos do ateliê 

Como vimos dois exemplos de ateliê de costura, um com pouco dinheiro e outro com uma estrutura mediana, vou apresentar a expectativa de ganho e lucro de ambos. 

O ateliê simples e com pouco dinheiro fatura bruto em média R$ 3.000 a R$ 3.500 reais, com uma chance de ganho líquido entre R$ 2.300 e R$ 2.800 reais. 

Já o ateliê do plano financeiro tem um faturamento bruto estimado de R$ 14 mil reais.  

A margem da média de lucro é de 48%. 

Isso significa que o dono do ateliê tem em caixa entre R$ 6 e R$ 7 mil reais depois de pagar todas as despesas do negócio, considerando ainda uma retirada de pró-labore de um salário mínimo e o pagamento dos encargos sociais.  

Você pode fazer o seu próprio plano financeiro usando a ferramenta que eu uso! 

Com ela basta inserir alguns dados simples e os cálculos são feitos de forma automática. 

 Ao final, você recebe informações fáceis de interpretar, além de uma tela com resumo e gráficos.  

Dentre as informações geradas pelo Simulador estão: 

  • Investimento inicial 
  • Faturamento líquido 
  • Margem de lucro líquido 
  • Capital de giro 
  • Melhor enquadramento empresarial e tributário 
  • Produtos mais rentáveis  
  • Prazo de retorno sobre o investimento 
  • Despesas fixas e variáveis 
  • Ponto de equilíbrio: famoso zero a zero 
  • Informações exigidas por bancos para conceder aporte para a empresa.
  • E muito mais! 

Você pode conhecer melhor o simulador clicando aqui no link. Espero que goste! 

E tenho uma boa notícia. De bônus vou deixar este modelo do Ateliê de Costura para você usar, e adaptar. Corre para conferir! 

Máquinas de costura para abrir um ateliê 

A quantidade de modelos e máquinas que você vai precisar no ateliê depende dos serviços oferecidos e a estimativa de demanda. 

No geral, para abrir um ateliê completo como o do plano financeiro apresentado você vai precisar das seguintes máquinas: 

Galoneira  

Reto Industrial  

Overloque Industrial  

Zig Zag  

Você pode baixar uma lista de equipamentos e fornecedores de produtos e materiais para um ateliê logo abaixo. Espero que goste! 

Como organizar o ateliê de costura 

Um problema muito comum encontrado nos ateliês é a dificuldade em organizar, tanto em razão do alto volume de pequenos materiais quanto pelo número de tecidos e retalhos. 

Os materiais que são utilizados com maior frequência no processo de confecção podem ficar mais próximos, por exemplo, em caixas na bancada em que está a máquina de costura. 

Por outro lado, os tecidos podem ficar mais afastados, exceto os que serão utilizados na confecção atual. 

Um ambiente de estoque, bem arejado e limpo é vital afinal, você precisa guardar os tecidos e materiais.  

A falta de um espaço próprio de estoque faz com que precise amontoar no ambiente de produção. 

Localização: abrir em casa versus ponto comercial 

A escolha entre abrir o ateliê em casa ou em um ponto comercial está ligada, acima de tudo, ao público alvo a ser atendido. 

Se o seu trabalho, por exemplo, tem como foco noivas, madrinhas e debutantes, um estabelecimento bem localizado, com atrativos diversos pode ajudar muito na conquista dessas clientes.  

Esse público costuma buscar não apenas um ateliê, mas também um ambiente em que se sintam confortáveis e aproveitem o momento tão especial.  

Contudo, se for trabalhar com maior ênfase em reparos de roupas, o ponto comercial não costuma ser decisivo, já que a maioria dos clientes estão dispostos a ir até o ateliê e deixar as roupas para buscar outro dia.  

Dicas para conquistar os primeiros clientes 

Quando o assunto é a confecção e o reparo de roupas, a melhor forma de divulgar é através de imagens de trabalhos. 

Desse modo, tire fotos das roupas que confeccionar e publique nas redes sociais como Facebook e Instagram. 

Muitos dos clientes dos ateliês vêm através de indicações.  

Invista em programas de fidelidades envolvendo indicações. Por exemplo, para cada cliente indicado que procurar o ateliê um desconto de 5% ou 10%. 

Gostou das dicas que te passei? Então compartilhe este post com aqueles que você sabe que também vão se interessar pelas dicas. 

Quer abrir o seu próprio negócio, porém não sabe por onde começar? 

Deixe seu recado nos comentários ou entre em contato comigo. Eu te ajudo. 

Um abraço e até a próxima ideia! 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here