Como montar uma gráfica rápida 

0
184

Engano seu achar que os serviços de uma gráfica rápida não são mais úteis. 

Saiba que mesmo com o fácil acesso na compra de impressoras, este tipo de negócio ainda continua em alta.  

Uma gráfica rápida tem como foco os serviços mais simples, que exigem impressoras e equipamentos de uso intermediário e algumas vezes até doméstico, como na impressão de cardápios em papel foto. 

Como pontos positivos de abrir uma gráfica rápida está o investimento inicial, digamos que baixo, margem de lucro líquido acima de 30% e a concorrência de média para baixa. 

No entanto, eu sei que existem algumas dúvidas sobre dar início a este negócio. 

O investimento inicial, a melhor localização, o faturamento mensal… 

Foi pensando nestas questões que eu decidi fazer este post: para acabar com as suas dúvidas.  

Inclusive, eu vou te apresentar uma ferramenta que vai ajudar em todos os cálculos, como por exemplo, as margens de lucro, despesas em geral e muito mais. 

Dicas de como montar uma gráfica rápida

Está interessado em começar a sua própria gráfica?  

Então pegue seu papel e caneta porque eu vou falar sobre: 

  • Quanto custa abrir uma gráfica rápida 
  • Faturamento mensal da gráfica 
  • Como funciona  
  • O que é preciso para montar uma pequena gráfica rápida: equipamentos 
  • Quais serviços oferecer na gráfica digital 
  • Localização ideal  
  • Montar uma gráfica rápida dá dinheiro? Vale a pena? 

Quanto custa abrir uma gráfica rápida 

O valor do investimento está ligado de forma direta aos serviços ofertados e assim, aos equipamentos que precisarão ser adquiridos.  

Por isso não posso dizer que você vai gastar exatos 10 ou 50 mil reais para abrir a sua gráfica rápida, eu teria que conhecer todas as características. 

Veja, até mesmo a expectativa de clientes atendidos e o percentual de pagamentos a prazo influem no cálculo e pode gerar variações. 

Contudo, como eu sei que você precisa de uma estimativa para saber se o negócio está dentro do seu orçamento e também se a expectativa de ganhos é o que espera, eu utilizei dados de outras gráficas rápidas e lancei no Simulador de Negócios para gerar um plano financeiro. 

Os dados que vou te apresentar não substituem o seu próprio plano financeiro com os dados específicos da sua ideia de negócio.  

Não sabe como fazer um plano financeiro? Por aqui você pode assistir um vídeo em que eu explico os passos.  

Antes de apresentar os dados de investimento é importante conhecer as características básicas da gráfica do exemplo: 

  • Dois colaboradores 
  • Aluguel de 1.300 reais 
  • Faturamento bruto em torno de 15 mil reais 
  • Estoque inicial com duração para 30 dias e prazo de reposição de 15 dias. 

O investimento total para abrir uma pequena gráfica rápida ficou em 23 a 24 mil reais, utilizados assim: 

  • Estrutura inicial: 13 mil reais, sendo 8 mil reais de equipamentos e 5 mil reais para outras despesas como mobiliário, adaptação, legalização e caução de aluguel. 
  • Capital de giro: 10 a 11 mil reais, sendo 7 mil reais de estoque e 3 a 4 mil reais de caixa mínimo. 

O Capital de giro

Pode-se perceber o capital de giro soma grande parte do investimento inicial, ele pode ser bem menor. 

No entanto, depende da estimativa de vendas e clientes atendidos, a quantidade de estoque e o prazo de reposição. 

O mapa mental e o plano de negócios 

Este é um bônus extra que resolvi te passar. 

Um plano de negócio é o que te conduz ao sucesso. Através dele você consegue reduzir os riscos e evitar possíveis erros. 

Além disso, o plano de negócios também é capaz de ajudar a sua empresa crescer. 

Deixo então este link para você ler e entender o passo a passo de como fazer o seu plano de negócios e algumas dicas a mais.  

Tenho certeza absoluta que vai ajudar. 

Logo abaixo, deixo o Mapa Mental completo para você baixar. No texto do link acima, você também vai entender porque deve fazer uso de seu mapa.   

Faturamento mensal da gráfica 

O faturamento bruto da gráfica rápida ficou entre 14 e 15 mil reais. 

A margem de lucro atingiu o percentual de 34,7%, com um prazo de retorno do investimento previsto para 6 meses. 

Sendo assim, o dono da gráfica tem em caixa entre 5 e 6 mil reais depois de pagar todas as despesas do negócio.  

Você pode fazer o seu próprio plano financeiro usando a ferramenta que eu usei! 

Com ela basta inserir alguns dados simples e os cálculos são feitos na hora.  Ao final, você recebe informações fáceis de interpretar, além de uma tela com resumo e gráficos.  

Dentre as informações geradas pelo Simulador estão: 

  • Investimento inicial 
  • Faturamento líquido 
  • Margem de lucro líquido 
  • Capital de giro 
  • Melhor enquadramento empresarial e tributário 
  • Produtos mais rentáveis  
  • Prazo de retorno sobre o investimento 
  • Despesas fixas e variáveis 
  • Ponto de equilíbrio: famoso zero a zero 
  • Informações exigidas por bancos para conceder crédito para a empresa 
  • E muito mais! 

Você pode conhecer melhor o simulador clicando neste link. Espero que goste! 

E tenho uma boa notícia: de bônus vou deixar o modelo preenchido da Gráfica Rápida, para você usar e adaptar. Corre conferir! 

Como funciona uma gráfica digital 

Contudo, a gráfica rápida costuma funcionar em um espaço pequeno de 25 a 30 m².  

Sendo assim, é uma nova versão da indústria gráfica com um custo de produção reduzido. 

Trata-se de uma empresa especialista em impressões digitais em diversos materiais gráficos, por exemplo, cartões de visita, flyers, banners e folders, auxiliando e fortalecendo a comunicação visual dos clientes. 

Normalmente as gráficas rápidas não trabalham com estampagem em camisetas, brindes e canecas, já que é necessário o uso de prensa térmica, o que aumenta o investimento inicial. 

O que é preciso para montar uma pequena gráfica rápida 

O espaço médio de uma pequena gráfica varia entre 20 e 30 m². 

Os equipamentos básicos que você vai precisar para iniciar uma gráfica rápida pequena são: 

máquina aspiral  

Preto e branco  

plastificadora profissional  

Tinta para foto (por exemplo EPSON ECOTANK)  

Guilhotina  

Máquina de plotagem  

Quais serviços oferecer na gráfica rápida 

Dentre os serviços e produtos mais frequentes encontrados nas gráficas digitais ou rápidas estão: 

  • Cópia e scanner 
  • Impressão em papel foto 
  • Criação de cardápios 
  • Blocos de anotações 
  • Receituários 
  • Cartões de visitas 
  • Panfletos 
  • Livros (impressão)
  • Adesivos e plotters  

Logo abaixo, deixo uma lista completa de serviços que podem ser oferecidos na gráfica rápida para você baixar, espero que goste! 

Localização ideal  

É possível abrir uma gráfica em pouco espaço, é bem possível que consiga um ponto comercial na região central por um preço acessível. 

Estar próximo do fluxo de pessoas e de fácil acesso ajuda muito no crescimento da gráfica. 

Se os alugueis estiverem muito caro nessa região, procure por locais de acesso às empresas, pois elas estarão entre os seus principais clientes em razão dos materiais publicitários. 

Montar uma gráfica rápida dá dinheiro? Vale a pena? 

Com margem de lucro acima de 34% e o prazo de retorno de investimento de 6 meses dão todos os indícios de que sim, tem tudo para ser um bom negócio. 

Os ganhos estão ligados, sobretudo de forma direta à clientela, por isso a importância de investir em marketing de forma eficiente. 

Portanto, separe sempre um pequeno percentual dos ganhos para investir em campanhas, como é o caso dos anúncios nas redes sociais. 

Enfim, analisando investimento e retorno, a gráfica rápida dá dinheiro e pode sobretudo, ser um negócio que vale a pena, mas cuidado, faça um estudo de mercado da sua região. 

Gostou das dicas para montar uma gráfica rápida na sua cidade?  

Então compartilhe este post com todos aqueles que tem o mesmo interesse que você. 

Pensando em abrir o seu próprio negócio, mas não sabe por onde começar?  

Eu te ajudo. 

Escreva um recado nos comentários ou entre em contato comigo

Um forte abraço e até o próximo! 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here