Como Montar um Bar

0
153

Quer descobrir como montar um bar de sucesso? Para descobrir qual é o investimento necessário, como escolher a melhor localização e muito mais, fique comigo neste post!

O bar é um ambiente de descontração onde as pessoas se reúnem nos momentos de lazer. Do ponto de vista empresarial, pode ser um ótimo negócio. Afinal, elas chegam dispostas a gastar para comer e beber enquanto se divertem.

A partir de agora, eu vou revelar tudo o que você precisa saber para abrir um bar lucrativo. Confira o que você vai encontrar a seguir:

  • Tipo de bar e o público-alvo
  • Ponto comercial e localização do bar
  • O que é necessário para montar um bar?
  • Quantos funcionários precisa em um bar?
  • Quanto custa montar um bar?
  • Quanto lucra um bar?
  • Como administrar um bar?
  • Como divulgar seu bar?
  • Montar um bar é um bom negócio?

Veja agora essas dicas fantásticas para começar o seu negócio!

Tipo de bar e o público-alvo

Você já pensou como será o bar que deseja montar? Qual é o público que você quer atrair?

A fórmula de sucesso para abrir um bar está em encontrar um nicho para trabalhar. Alguns exemplos são: bar de rock, de samba antigo, para happy hour, temáticos, para universitários, para a terceira idade, entre outros.

Como você pode ver, as possibilidades são infinitas. O tipo de bar e o cliente ideal vão influenciar diretamente na decoração, na estrutura, na localização e, consequentemente, no valor do investimento.

Por esses motivos, é muito importante definir essas duas questões logo no início do seu planejamento.

Para descobrir qual é o nicho com maior potencial de sucesso, faça uma pesquisa. Através dela, será possível descobrir se existe uma demanda específica na região onde você pretende montar um bar.

Lembre-se: não adianta investir em algo inovador na sua cidade se as pessoas não tiverem interesse em frequentar.

Ponto comercial e localização do bar

Um bar bem localizado tem maiores chances de sucesso. Se o centro da sua cidade tem um grande fluxo de pessoas, essa pode ser uma excelente escolha. Ainda assim, um ponto mais afastado também tem chances de dar certo.

Tudo depende do tipo de estabelecimento, da adequação ao público escolhido e dos serviços oferecidos.

Imagine um bar com música ao vivo para pessoas de 35 a 55 anos. Dificilmente ele receberá clientes que não tenham um meio de transporte. Ou seja, a probabilidade de se deslocarem com os próprios veículos é alta.

Nesse caso, ao abrir um bar, é prioridade ter um estacionamento grande e não necessariamente estar no centro do município.

Por outro lado, se o foco for estudantes universitários, que normalmente têm um poder aquisitivo menor, o cenário será outro. Bares próximos à faculdade certamente atrairão muito mais esse público.

Encontrar um ponto comercial que atenda às suas expectativas e ainda reúna essas características – próximo do público-alvo, no centro e com estacionamento – será sempre a melhor opção.   

Tenha em mente, porém, que o custo do aluguel deve estar dentro do seu plano financeiro. Afinal, você quer lucrar com o seu negócio, não é mesmo?

Você pode seguir o passo-a-passo de como montar um bar, mas além da localização, considere quesitos como:

  • Vizinhança
  • Tamanho
  • Estrutura
  • Ventilação
  • Iluminação
  • Segurança
  • Adequação à legislação do corpo de bombeiros e vigilância sanitária
  • Divisão interna
  • Tomadas e isolamento acústico (quando necessário)   

O que é necessário para montar um bar?

Cada bar tem particularidades que influenciam na escolha de mobiliário e equipamentos. Por isso, criamos uma “situação hipotética” de um bar de 60 m² que serve bebidas e petiscos.

Assim, é necessário: uma pequena cozinha, um caixa e um balcão para vender bebidas e preparar os drinks.

Estrutura do salão

  • Computador
  • Impressora de cupom fiscal
  • Bancada de recepção e cadeira
  • Mesas e cadeiras
  • Armários
  • Gaveteiro
  • Televisor

Estrutura da copa

  • Geladeira de cerveja
  • Chopeira
  • Extrator de suco
  • Liquidificador
  • Torres de chopp
  • Armário de bebidas
  • Balcão de bar

Estrutura da cozinha

  • Geladeira
  • Freezer
  • Chapa
  • Liquidificador industrial
  • Fritadeira elétrica
  • Forno microondas
  • Forno industrial
  • Mesa inox

Como dito antes, essa lista pode variar em itens, modelos e quantidades. Tudo dependerá do espaço disponível, do nicho escolhido e da sua ideia de como abrir um bar.  

Quantos funcionários precisa em um bar?

Um bar costuma ter, no mínimo, 3 colaboradores, por menor que seja o espaço. Isso inclui:

  • Um garçom
  • Um cozinheiro (preferencialmente dois)
  • Um caixa

Para diminuir a necessidade de funcionários, é comum o proprietário trabalhar no caixa, além de fazer drinks e servir bebidas. Porém, isso é possível somente enquanto o bar tem pouco movimento.

Se o objetivo é montar um bar completo, já com a expectativa de movimento, prepare-se para ter mais funcionários. No mínimo, sete. Veja quais:

  • Dois a três cozinheiros
  • Dois a três garçons
  • Um barman
  • Um caixa
  • Um auxiliar de limpeza

Você também pode adaptar esse número conforme a perspectiva de crescimento do seu estabelecimento ou necessidade.

Quanto custa montar um bar?

Essa é uma das etapas mais importantes de como montar um bar. Saiba que o custo para abrir o estabelecimento varia de acordo com os planos de cada proprietário para o local.

Por isso, não podemos dizer que o investimento inicial é X, Y ou Z. Não sem conhecer todos os números do seu negócio. Isso porque existem diferentes tipos de bares, com tamanhos e estruturas diversos, além de outras variáveis.

Vamos considerar um bar simples, por exemplo, sem cozinha, que trabalhe apenas com lanches prontos. O custo, nesse caso, fica entre 30 e 35 mil reais.

Já um bar de porte médio, com cozinha para fazer petiscos e barman, tem custos um pouco mais elevados. O investimento varia entre 60 e 90 mil reais.

Por fim, um bar com estrutura acústica para bandas, espaço de dança, cozinha completa, espaço barman e decoração de alto padrão, pode ultrapassar os 160 mil reais de custo.

Custos e despesas do Bar

Há diversas variáveis que vão determinar o valor de gastos mensais do bar:

  • Custo do aluguel
  • Quantidade de funcionários
  • Impostos
  • Horário de atendimento (fatura de energia elétrica e horas extras)
  • Tipos de petiscos e lanches oferecidos
  • Entre muitos outros…

Por essa razão, o custo total muda bastante de bar para bar.

Quer saber com mais precisão os gastos mensais e se vale mesmo a pena abrir um bar? Então você precisa criar um plano financeiro.

Para facilitar sua jornada e aumentar suas chances de sucesso, criamos um vídeo exclusivo. Nele, você pode descobrir como montar esse plano financeiro para o seu bar completamente do zero. Mesmo que nunca tenha feito antes!

Quanto lucra um bar?

Todo empreendedor espera ter bons resultados e, obviamente, lucro. Contudo, o valor que sobra no final do mês tem relação direta com a quantidade de vendas e as despesas.

Sendo assim, podemos apenas trazer uma média estimada para você que quer montar um bar.

A margem de lucro dos bares sem petiscaria é de 12 a 15%. Já nos bares com cozinha em funcionamento, a margem sobe para 22 a 25%.

Isso acontece porque petiscos e lanches têm baixo custo de produção. Em contrapartida, são vendidos com uma margem de lucro acima de 200 ou 300%.

Dessa maneira, podemos dizer que um bar sem cozinha consegue obter um lucro líquido, em média, de 5 a 6 mil reais ao mês. Enquanto isso, um bar com cozinha fatura líquido acima de 11 mil reais.

5 dicas para economizar e aumentar o lucro

1. Faça mais com menos

O seu bar é novo, mas você pode adquirir equipamentos usados em perfeito estado e com excelente custo-benefício. Aposte também em uma decoração simples, mas que aparente ser luxuosa ou adaptada para o seu público. Escolhas inteligentes como essas diminuirão a necessidade de investimento.

2. Tenha processos eficientes

Depois de abrir o bar, organize os processos internos dos seus colaboradores. Isso otimiza o tempo de trabalho e diminui os gastos com a folha de pagamento.

3. Melhore constantemente

Esteja sempre em busca dos melhores fornecedores. É possível conseguir preços mais baixos sem abrir mão da qualidade. Não esqueça de considerar, além dos valores, a procedência dos produtos e o prazo de entrega.

4. Os custos importam

Saiba exatamente quanto custa cada lanche e petisco produzidos. Assim, você poderá aumentar o lucro selecionando as receitas que geram mais vendas, mas que também são mais econômicas.

5. Evite o desperdício

Na cozinha: Ter o cuidado de comprar carnes e legumes frescos já pode reduzir bastante o desperdício.

Na chopeira: É comum litros e litros de chopp irem para o ralo por falta de treinamento dos funcionários. Uma dica é colocar um baldo no fim do ralo para medir o desperdício. Com isso, você terá um indicador e poderá pensar em melhorias.

Lembre-se: o que não é medido não pode ser melhorado!

Como administrar um bar?

Depois de aprender como montar um bar, ainda resta muito trabalho pela frente. Para que o seu negócio prospere, de fato, é fundamental saber como administrar o estabelecimento.

Siga as três recomendações abaixo para ter sucesso na gestão do bar!

Recrutamento

Os colaboradores que estão em contato com o cliente representam o seu bar. Isso vale para todos os funcionários da sua equipe: barman, garçonete, caixa, gerente, entre outros. Portanto, recrute e selecione bem o seu time se quiser ter excelente atendimento, bons produtos e ambiente agradável.

Otimização de processos

Reveja os processos para simplificar a automatizar o que for possível. Quanto melhor eles forem, menor será a necessidade de pessoas em atendimento, cozinha ou caixa. E mais: essa eficiência será revertida em satisfação do cliente, aumento da clientela e, no final do mês, lucro.

Separação de despesas

Não misture as suas despesas pessoais com as despesas do bar. Antes de iniciar as atividades, defina o seu pró-labore e faça apenas retiradas programadas. Caso contrário, você corre o risco de perder o controle financeiro e não saber se o negócio realmente é lucrativo. Geralmente, é assim que as empresas ficam à deriva, sem direção, e depois afundam.

Como divulgar seu bar?

A inauguração do bar está chegando? É hora de começar a divulgar. Atualmente, as redes sociais costumam trazer os melhores resultados quando o assunto é divulgação. E não é para menos…

Através delas, é possível impulsionar publicações e fazer anúncios com pouquíssimo dinheiro. Existe também a opção de segmentar as publicações para que apreçam apenas para o público-alvo. Isso aumenta muito a eficácia das campanhas!

Somado a essa estratégia, você pode distribuir panfletos, especialmente na data de abertura. Outra tática é fazer promoções, depois de abrir o bar, em dias que o movimento tende ser menor. Assim você estimula o fluxo de pessoas.

Afinal, com ou sem clientes, você precisará pagar aluguel, funcionários, energia elétrica e outras despesas. Então, otimizar o uso da estrutura em dias considerados “fracos” é essencial para aumentar a lucratividade.

Montar um bar é um bom negócio?

Sinceramente, tem tudo para ser. No final do dia, o sucesso do seu bar vai depender basicamente de três fatores.

  1. Ter perfil para o negócio e o apoio de pessoas que convivem com você;
  2. Boa localização, qualidade no atendimento e seleção de produtos comercializados no bar;
  3. Números de lucratividade, investimento, ponto de equilíbrio e vendas favoráveis.

Você já tem todas as informações que precisa sobre como montar um bar. Gostou das dicas? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o Ideia de Negócio para mais conteúdos sobre criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora.

Precisa de ajuda para abrir o seu negócio? Entre em contato! Um forte abraço e até breve!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here